Poema do dia

fdas.jpgO poema da manhã
muito certo, pouca opção
Não uso sutiã
Mas é grande o meu coração

Certo dia você acorda
Percebe que a vida não volta
e o destino é traçado na ponta da corda
Esperando uma guerra interna, uma revolta.

A mudança tem que vim de dentro
da mesma forma que o café é feito com água
Tudo que vai, volta pro centro
é a mistura perfeita, a sintonia que desagua

Rios de decisões e sentidos pra viver
Uma vida sem arrependimentos
Porque melhor sorrir do que sofrer
nessa estrada, caminhos de ventos.

Anúncios