Primeiro comece a se divertir sozinho

frases-de-osho.jpgPOR OSHO

Primeiro fique sozinho.
Primeiro comece a se divertir sozinho.
Primeiro amar a si mesmo.

Primeiro ser tão autenticamente feliz, que se ninguém vem, não importa; você está cheio, transbordando.

Se ninguém bate à sua porta, está tudo bem – Você não está em falta.
Você não está esperando por alguém para vir e bater à porta.
Você está em casa.

Se alguém vier, bom, belo.
Se ninguém vier, também é bom e belo

Em seguida, você pode passar para um relacionamento.

Agora você se move como um mestre, não como um mendigo.
Agora você se move como um imperador, não como um mendigo.

E a pessoa que viveu em sua solidão será sempre atraído para outra pessoa que também está vivendo sua solidão lindamente, porque o mesmo atrai o mesmo.

Quando dois mestres se encontram – mestres do seu ser, de sua solidão – felicidade não é apenas acrescentada: é multiplicada.

Torna-se uma tremendo fenômeno de celebração.
E eles não exploram um ao outro, eles compartilham.

Eles não utilizam o outro.

Em vez disso, pelo contrário, ambos tornam-se UM e desfrutam da existência que os rodeia.

Osho

Não se perca!

fds.jpegO que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser. Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente se perde. Não se perca, viu?

Ilimitado

Roads_Stars_Sky_Night_484752.jpg

Podemos ser quem quisermos ser. As nossas escolhas são livres. Somos um processo de evolução em constante desenvolvimento, por isso somos testados todos os dias. Sabemos também que não estamos sozinhos nesse Universo. Seria muita estupidez crer que somos únicos seres racionais na plenitude quase infinita deste universo.

Precisamos evoluir nossos pensamentos para sermos melhores a cada dia. O fruto de nossas decisões semeiam um futuro plausível de escolhas. Faça suas ações com o coração, e preencha seu coração com amor e gratidão.

Quem sabe assim você possa ser alguém melhor que ontem. Assim, passará positividade em suas ações, contagiando os outros com amor e felicidade. Pois o amor é algo majestoso, puro e infinito.

Se torne infinito, se torne puro. Somente assim encontrará a paz, a liberdade e as respostas para às aflições da vida.

Que todos possamos atingir à grandeza que é o amor e partilhar desta virtude com outrem, fazendo sempre o bem, não importando a circunstância.

 

Viajar 


A mesma maneira que o vento te leva, é o mesmo que lhe trás. 

Pensamentos são como ondas que transbordam sobre um mar de mente…

Vou-me, e volto. Com fé e paz. 

Amém.

O universo Paralelo dos Games

O universo paralelo dos games no Brasil

A Red Bull lançou uma série de documentários que mostram como a pirataria e o jeitinho brasileiro explicam o mercado de games no Brasil. ( Luciano Andolini)

Toda aquela cadeia de fliperamas e locadoras, passar umas horas trancado, na persistência, tentando zerar Donkey Kong, Mario, Crash Bandicoot, Resident Evil ou Sonic. Muito da mitologia que permeava a cabeça das crianças nessa época vinha dos videogames.

Nos anos 80, o mundo já lidava com o primeiro crash dos games, com a falência da Atari, já rolava o ressurgimento de um novo monopólio da Nintendo e os primeiros esboços da rivalidade mais icônica, com a ascensão da SEGA como um abusado player 2 nesse cenário.

Era um terreno amplo e novo, uma indústria que gerava lucros de 8 bilhões em 1982, um pouco antes do primeiro crash. Não à toa, esse mercado era bastante visado.

Talvez, não pelas maiores companhias, que ainda não tinham vindo colonizar as terras brasileiras, mas sim pelos piratas e suas máquinas paralelas, que sabiam do vácuo aberto pela ausência desses fabricantes.

O Brasil era um desses mercados e foi criado quase todo por uma via paralela, à margem do que aconteceu no resto do mundo. Nossa história com os games tem características muito próprias, a começar pela participação intrínseca dos piratas e das dificuldades que esse mercado alternativo gerou para a consolidação dos fabricantes oficiais.

Stefano Arnhold, presidente do conselho da Tec Toy (representante da Sega por aqui) já chegou a afirmar que, no Brasil, não era a Nintendo com quem eles realmente concorriam, mas com a pirataria.

A Red Bull se debruçou sobre esse período e fez uma série com três mini-documentários que conta a história dessa fase do mercado e também mostra os tipos de consequências que surgiram a partir disso.

A série ainda conta com a participação dos músicos  Emicida, Fióti, Rashid, os jornalistas Flávia Gasi e Pablo Miyazawa, o presidente da Tectoy Stefano Arnold, o engenheiro da Gradiente Marcos Santos e os game designers Pedro Santo e Amora B, do estúdio MiniBoss, e Alexandre Pagano, da Tectoy.

Cada vídeo tem apenas alguns minutos e é só ligar colocar em tela cheia e surfar a onda de nostalgia que vai invadir seu coração.

paralelos-red-bull-games.png

Retirado do Papo De Homem

Abra sua Mente

meditação.jpg

Agimos como mendigos sentados em um baú de diamantes. Acreditamos não ter aquilo que temos em grande abundância e passamos a vida procurando receber de fora o que já está dentro de nós. Desperdiçamos a vida tentando agradar aos outros, correndo atrás de dinheiro, poder e reconhecimento social, pois isso nos afasta cada vez mais de quem somos e do que realmente viemos fazer aqui. E somente quando podemos parar, silenciar a mente e observar o que está por trás dessa correria, dessa carência, é possível ver e abrir o baú de diamantes. Quando tomamos consciência de quem somos e dos dons e talentos que trouxemos para o mundo, nos percebemos verdadeiramente ricos.

(Retirado do Sri Prem Baba)

O Teatro Mágico

tt.jpg

Veio de manha molhar os pés na primeira onda
Abriu os braços devagar… e se entregou ao vento
O sol veio avisar… que de noite ele seria a lua……
Aproveitava os carinhos do mundo
Os quatro elementos de tudo
Deitada diante do mar
Que apaixonado entregava as conchas mais belas
Tesouros de barcos e velas
Que o tempo não deixou voltar…
Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina?
Quem já conseguiu dominar o amor?
Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa
Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar
Nenhum medo que possa enfrentar
Nem segredo que possa contar…

Os opostos se distraem
Os dispostos se atraem