Não se perca!

fds.jpegO que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser. Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente se perde. Não se perca, viu?

Anúncios

Treze!

Treze

Certas coisas de parar o trânsito!
Verdade incalculáveis

Semestre ja acabou eu acho.

NÃO me dê ordens papa!

What?!

Vejo peoples comendo nugets! (sei lá como escreve)

Às vezes a mão que balança o berço é diferente.

Imagens de Fukushima nunca vistas pelo homem.

Ai guésti jostiiiiii eveeeeeriiitiiingue!

Crepe por favor! Com duas bolas de chocolate, sem molho.

Tano nombre

Yes sir! Came Over Here!

O preço da Futilidade

Imagem

Qual o preço da imortalidade? Viver como um louco e esquecer dos problemas ou arrepender de tudo que não fez e tentar começar novamente mesmo que às vezes seja tarde pra você?

Às vezes me pergunto o que vem a ser “Responsabilidade” e “Prioridade” quando se diz respeito as escolhas. Pessoas são tão fúteis que transparecem o próprio ódio vivo. Isso é tão triste, tão solitário. Se pudéssemos fazer outras escolhas ou voltar no tempo será que mudaríamos? Não! A mudança não vem de uma escolha ou outra…ela vem de dentro. Infelizmente certas pessoas nunca mudam, só padecem.

 

Isso é tão triste, tão solitário.

A arte de ser invisível.

Imagem

Imaginem um mundo onde você poderia ficar invisível quando bem entendesse. Você poderia em  um piscar de olhos ficar oculto pro resto do Mundo, ou até mesmo apagar partes da sua história como se alguns momentos jamais tivessem ocorridos.

Pois é… seria muito bom não? Pode escrever a sua história da vida, de lápis, poder apagar partes quando quiser e alterar algumas ações. Seria magnífico. Mas a vida não é assim. O ser humano também não. Então pare de reclamar do que poderia ter feito ou deixado de fazer e mude o “agora”. O futuro é AGORA.

Pense bem… o tempo que você passa reclamando poderia ser usado pra algo útil.

Desce a Letra

ImagemHoje eu percebi (não que eu já não tivesse percebido antes) que quase tudo que desejo é fútil. Veja bem, desejo ser o campeão de DOTA 2(um jogo fútil, mas muito bom), mas no mesmo momento quero ser polícia Federal, Auditor Fiscal, Astronauta, bilíngue, viajar pelo mundo, um historiador, um Ator pornô, um viajante do tempo, GOKU, Super man, o homem invisível, advogado, Juiz ou Policia Rodoviária Federal, e quando não penso em nada demais, me dá vontade ser Bombeiro, aí lembro do TAF que segue o militarismo, como ODEIO o militarismo, já descarto esta hipótese, ai  vejo as contas do mês apertando, tudo ficando caro novamente, ai esqueço do militarismo. Aí assisto um filme de ação, ai pretendo ser Ator, mas depois percebo que pra ser ator, tem que estudar teatro, teatro tem muitos artistas, mas dá muito viado também, eu não sou fã de viado, não que eu tenho algo contra, muito pelo contrário, respeito totalmente, mas prefiro mulheres em bando na minha cia. Aí percebo que o filme acabou, vou ver a vida do ator no Wikipédia, vejo que ele é um drogado, bilionário mas drogado, passou por 4 divórcios não tem mais onde enfiar o dinheiro(alguns socam até no C*), ai vejo que dinheiro não trás toda a felicidade, mas compra a maioria dela.Imagem

Tenho que tomar banho pra ir trabalhar, tenho que acordar cedo(odeio acordar cedo), ai tento dormir até mais tarde(odeio acordar TARDE!! PQP!!!), ai fico puto da vida, e vejo todos os meus colegas dando bem na vida, ai vou almoçar. Estou fazendo dieta(dieta da massa, tudo é MASSA eu como!) aí quando percebo comi mais que o normal, 1 quilo e 200 gramas numa segunda feira, ai fico querendo emagrecer, mas não paro de comer. OBS: não estou gordo, só estou com aquele lobozinho de cerveja, pequeno, mas notável). Começo a fazer exercício em casa, ai não é suficiente, a vida do vizinho sempre é mais verde, isso é verdade, porque o vizinho fez escolhas diferentes na vida, tudo é mil e uma maravilhas, a família apoia, os irmãos apoiam, mas quando isso NÃO acontece com você, você é vagabundo, você é o preguiçoso, você tenta passar na porra de um concurso, mas tem que dividir seu tempo em salário pequeno, trabalho, afazeres de casa, mas VC continua sendo o vagabundo, você é o que trabalha desde os 15 anos, tudo que você tem, TUDO que tem foi você que construiu sozinho, Mas ninguém vê esse lado, nunca veem este lado, você continua sendo o vagabundo, mas o irmão que só estudou a vida inteira, é o “esforçado”, nunca pegou em um trabalho na vida, mas é o “esforçado”. Mas você é o vagabundo. O zé ruela da vida.

A verdade é que NINGUÉM falou nada, isso é TUDO coisa da minha cabeça, porque sou o problemático, o rapaz viciado em festa, viciado em computador. Ai começo a namorar, a menina me trai, e eu sou o cafajeste, o que não liga, o que não importa, mas o Termo “corno” fica sumido, então não namoro fácil mais, ai eu sou o difícil, o metido, o que “escolhe demais”. Quando você começa a fazer algo bacana, ou acha que está fazendo algo bom, você sempre recebe os mesmos comentários doces: – Você é burro cara, vc tem que se fuder.”, “Você não é ninguém”. E quando a Tireoide começa a falhar e a falta do hormônio bate na cabeça, como que faz com  uma situação dessas? Quando vem tudo à tona?

Conto pra algum amigo um fato que aconteceu no serviço, ai ele é parente de alguém de dentro, ai eu sou o fofoqueiro, o metido, o gordinho. Mas o fofoqueiro foi o cara, o que não guarda segredo foi o ciclano, O fato distorce o que era Crocodilo vira “Cocô de Grilo” do fulano, mas a culpa tarde sobre a cabeça do menor.

Ai viajo pra um caldas country, gasto rios de dinheiro, não da nada certo, não pego ninguém, ai às que chegam em você já beijou 14, ai você recusa e fica com impressão de Gay, de fresco, Mas ninguém vê que por eu querer escolher entre uma de beijou 14 e uma que não beijou ninguém, eu sou o fresco escolhedor. Ai na virada do ano não tenho férias, não consigo ganhar alguns dias, ai passo a virada numa festa boa, muito boa por sinal, me ocupei com algumas futuras esposas, mas sem a “perspectiva” de 2014 chegando. Ai penso que o ano será diferente, que as pessoas vão mudar, mas quando chego aos lugares, às mesmas pessoas continuam interesseiras, as mesmas pessoas continuam falsas, as mesmas pessoas continuam sendo mesmas. Acho que vou mudar de lugar já que de mundo é difícil.

Mas você que mudou é o diferente, é o que não se “adapta” a nada. É o perigo iminente. Ai você sai, chuta o pau da barraca, manda o mundo se fuder, e segue seus princípios, porque uma vida de merda acumulada à 25 anos de muito desgosto, raiva e angústia não é nada comparado com uma explosão atômica. Mas você continua sendo o diferente, o perigo iminente, só que agora com consciência disso. Mas como eu disse antes, é tudo coisa da minha cabeça, devo estar delirando. Apenas desci a letra.

A vida é pra quem se atreve!

Imagem
Olá pessoas do paleolítico inferior!
Sejam bem vindos a SELVA! É isso mesmo! O mundo de hoje é uma TREMENDA e MONSTRUOSA SELVA!

O mundo é pra quem se atreve. É sim! É pra quem se desafia todos os dias à primeira Aurora do dia, é para aqueles que usam 110% de si mesmos para suprir algum desafio, alguma atividade que não somente DESEJA, mas que a REALIZA independente de QUALQUER obstáculo!
O mundo é pra quem se atreve. É sim! É pra quem não reclama das oportunidades que perdeu, ou do Amor que nunca teve, ou da Tatuagem que nunca “teve tempo” pra fazer (Eu fiz a minha porra!!!!).

O mundo é pra quem se atreve. Pra quem não reclama que estuda 10 HORAS por dia e não passa num vestibular, ou num concurso, ou em porra nenhuma, que diz que a vida é DURA porque não consegue algo substancial e realizado. Se isto está ocorrendo, você tem que sair da Rotina, tem que sair da Zona de Conforto, tem que MUDAR, mesmo que for literalmente!

O Mundo é pra quem SE ATREVE! Atreve a ser uma pessoa melhor, MAIS bondosa e não bobão, MAIS educada e não arrogante, MAIS sincero e sem falsidade, MAIS VOCÊ e menos o MUNDO! Menas vaidade, e tudo que lhe deixa pra baixo!

O mundo é pra quem se atreve… quem não se atreve, não se arrisca e não é dono de suas escolhas é apenas mais um ninguém nessa Selva.

De que lado você está?

Imagem

As mudanças climáticas estão aumentando;
O trânsito está caótico;
As pessoas estão mais amargas; sabem buzinar, mas não sabem quando parar!

24 horas é pouco para responder todos os e-mails que recebemos.
Nossas redes sociais e nossos amigos, agora são virtuais.
Antes curtíamos a terra, o mato, o vento, a água, ou simplesmente uma conversa na cozinha, agora nós simplesmente damos um “curtir”!

Licença, por favor, obrigado, você primeiro e desculpe, são expressões que diminuíram em nosso vocabulário. Costumes que vão sumindo.

Nosso prazer não está mais em nossas relações e em nossas experiências, mas sim naquilo que consumimos. Nossa geração “Y” quer chegar ao topo na mesma velocidade de sua conexão na internet, mas não querem aprender coisas básicas tais como: arrumar a cama, fazer uma faxina no quarto, fazer as compras, fazer seu próprio alimento ou cuidar de um filho que, talvez, tenha chegado cedo demais.

As experiências não servem mais para nada. Os jovens querem chegar ao resultado sem saber fazer a conta. Afinal, para que ouvir os mais velhos se podem simplesmente consultar o amigo GOOGLE. Respeite os mais velhos, afinal eles têm mais experiência que você

On ou off – De que lado você está?
Está passando da hora de reiniciar!

Tudo pode ser diferente.
Basta você se ligar!
Não adianta você querer a SUSTENTABILIDADE sem SER SUSTENTÁVEL!
De que lado você está?

Consumir desnecessariamente pode ser evitado.
O desperdício deve ser combatido.
O colapso econômico do planeta não se resolve com a elevação das suas compras, mas talvez com o retorno às suas origens!
Humildes, sinceras, despretensiosas, colaborativas e autoprodutivas.

On ou off – De que lado você está?
Está passando da hora de se ligar!

Quem planta, colhe!
Onde se planta, tem vida.

Temos que ajudar o Planeta!
Temos que ajudar os filhos destes pais e os pais destas crianças!
Temos que deixar filhos melhores para que tenhamos netos melhores!

Sustentabilidade é isso.
Saber se desligar na hora certa e respeitar o meio ambiente.
Viver em comunidade e para a comunidade!
Buscar o crescimento, mas respeitando uma regra básica: “seu direito termina onde começa o do seu vizinho”!

Lembre-se: não existem flores sem sementes.
O mundo está ficando carente de gentileza e intolerância gera intolerância.
Somos capazes de reclamar uns dos outros, mas não somos capazes de devolver uma indelicadeza com um sorriso.
Isso é difícil, mas essencial.
Se não mudarmos, o mundo não muda!

On ou off – De que lado você está?
Está passando da hora de você se ligar. O nosso planeta não pode ser desligado! Então, se ligue!