O ceifador de Perdedores

texto5.jpgHá algum tempo fui contratado para um trabalho distinto. No começo achei meio diferente, mas nada que com um tempo não se acostume. Horários incertos, tempo cronometrado algumas vezes, e um bom pagamento. Era tudo de se esperar. Porém existe uma cláusula que não se podia quebrar, eu não poderia dizer as palavras “obrigado”  e “me desculpe”. Isso era inaceitável no Trabalho, repercutiria em toda a minha vida. Contrato meio puxado, as vezes exaustivo, mas as pessoas acabam de acostumando com ele.
O trabalho era muito simples, tratava de destratar as pessoas. Com piadas medíocres ou ofensivas, de preferência as que feririam o ego delas. No começo você acha que é exagero, depois você se torna aquilo, acha normal faltar com respeito, se torna brincadeira. Se torna comum.

E então o dia a dia se torna isso, um lugar onde posso depravar piadas e ofensas que o resto do mundo acha engraçado. É uma cutucada dali, outra daqui, contanto que um ou dois riem, é inteiramente normal. Se a pessoa se ofende com a suposta “brincadeira”, ela não tem argumento para se sustentar, ela se torna a errada.

E o mundo está assim hoje em dia, tratar o outro com ofensa é normal, fazer piada imoral é engraçado, cultivar o humor negro virou algo necessário. Algumas pessoas se afastam da gente, mas tanto faz. O mundo continua girando. No fim da vida vou estar sozinho, com meu humor negro, minha falta de caráter e um belo casarão solitário.

Mas se arrepender jamais, afinal nasci pra ser otário.

(Depoimento de um babaca qualquer)

 

Anúncios

Prazer! Sou um idiota!

Imagem

Sou sim! sou um idiota por acreditar que o mundo pode ser algo melhor! Sou um idiota por acreditar que as pessoas podem mudar! Sou um tremendo idiota por pensar que todos um dia poderão ser pessoas de confiança!
Prazer, este sou eu, sou o mesmo que acredita na paz do mundo, na compaixão do aliado, na piedade do inimigo, na verdade absoluta e obsoleta! Descobri que ser sincero demais machucas pessoas, mas ser mentiroso demais, machuca a si mesmo, não existe “meia” medida para esta linha de pensamento.
A vida inteira passei tentando descobrir respostas para minhas escolhas, se elas eram boas ou ruins, a medida de cada desafio que se alinhava em minha frente. Percebi que a maioria das escolhas eu nunca saberei se as fiz corretamente, mas consigo distinguir qual fardo eu consegui levar de cada uma delas.

É tão ruim e amargo quando você descobre que alguém mente para você, mas não alguém qualquer. O ser humano só se machuca quando ele se importa com algo, e isso realmente é uma desgraça. Vivi muitos dias longos,  empreitando em minhas mentiras, distribuindo algumas verdades, achei que era um jeito bonito de se viver, sem ter com o que se preocupar. E hoje, vejo pessoas fazendo o que eu fazia, inventam uma mentira boa, trabalham ela para no final do dia, vim com outra mentira encobrindo a primeira, e isso se torna algo normal. Você olha na cara da pessoa e percebe que ela trata isso como algo normal. E você percebe a mentira, porque você praticava isso. Igual um viciado identifica outro viciado. E um círculo vicioso se cria, e a máscara encobre a verdade. Siluetas são apenas siluetas e tudo começa a ficar tão nublado que você não sabe mais o que é verdade e mentira. E a confiança fica em cima de um muro abalada, TRANSTORNADA, e quando ela cai.. o mundo fica cinza.

É literalmente uma desgraça quando isto acontece. E o pior de tudo é que acontece sempre, em todos os lados, todos os dias, em cada canto mundano. E você cotinua vendo máscaras por aí, sem conteúdo. Às vezes é um rosto bonitinho, às vezes é somente uma virtude do sentimento, e nada mais.

Aí eu acordo puto da vida, pensando nas escolhas que deixei de fazer, pensando que poderia mudar o mundo, mudar as pessoas, só que quanto mais eu tento, mais eu vejo que elas não querem ser mudadas! NUNCA! Geralmente as pessoas que não gostam das pessoas que mentem são as que mentiam muito e pararam de mentir! É complicado mas é o mundo! Um mundo imundo, falso e cheio de mascaras inúteis!
Vai ver estou enganado, vai ver, pode ser imaginaçaõ da minha cabeça. Mas fecho os olhos, e boto meus pés no chão, e percebo que o mundo é real. Não foi só uma idéia que passou na minha cabeça. São fragmentos que as vezes o vento não leva. E então você percebe que só tem que se importar com o que é necessário. E que o necessário depende de qualquer um.

(autoria Desconhecida)

Prazer, Sou um Idiota!

Imagem

Prazer! Sou um idiota!
Sou sim! sou um idiota por acreditar que o mundo pode ser algo melhor! Sou um idiota por acreditar que as pessoas podem mudar! Sou um tremendo idiota por pensar que todos um dia poderão ser pessoas de confiança!
Prazer, este sou eu, sou o mesmo que acredita na paz do mundo, na compaixão do aliado, na piedade do inimigo, na verdade absoluta e obsoleta! Descobri que ser sincero demais machucas pessoas, mas ser mentiroso demais, machuca a si mesmo, não existe “meia” medida para esta linha de pensamento.
A vida inteira passei tentando descobrir respostas para minhas escolhas, se elas eram boas ou ruins, a medida de cada desafio que se alinhava em minha frente. Percebi que a maioria das escolhas eu nunca saberei se as fiz corretamente, mas consigo distinguir qual fardo eu consegui levar de cada uma delas.

É tão ruim e amargo quando você descobre que alguém mente para você, mas não alguém qualquer. O ser humano só se machuca quando ele se importa com algo, e isso realmente é uma desgraça. Vivi muitos dias longos,  empreitando em minhas mentiras, distribuindo algumas verdades, achei que era um jeito bonito de se viver, sem ter com

o que se preocupar. E hoje, vejo pessoas fazendo o que eu fazia, inventam uma mentira boa, trabalham ela para no final do dia, vim com outra mentira encobrindo a primeira, e isso se torna algo normal. Você olha na cara da pessoa e percebe que ela trata isso como algo normal. E você percebe a mentira, porque você praticava isso. Igual um viciado identifica outro viciado. E um círculo vicioso se cria, e a máscara encobre a verdade. Siluetas são apenas siluetas e tudo começa a ficar tão nublado que você não sabe mais o que é verdade e mentira. E a confiança fica em cima de um muro abalada, TRANSTORNADA, e quando ela cai.. o mundo fica cinza.

É literalmente uma desgraça quando isto acontece. E o pior de tudo é que acontece sempre, em todos os lados, todos os dias, em cada canto mundano. E você cotinua vendo máscaras por aí, sem conteúdo. Às vezes é um rosto bonitinho, às vezes é somente uma virtude do sentimento, e nada mais.

Aí eu acordo puto da vida, pensando nas escolhas que deixei de fazer, pensando que poderia mudar o mundo, mudar as pessoas, só que quanto mais eu tento, mais eu vejo que elas não querem ser mudadas! NUNCA! Geralmente as pessoas que não gostam das pessoas que mentem são as que mentiam muito e pararam de mentir! É complicado mas é o mundo! Um mundo imundo, falso e cheio de mascaras inúteis!
Vai ver estou enganado, vai ver, pode ser imaginaçaõ da minha cabeça. Mas fecho os olhos, e boto meus pés no chão, e percebo que o mundo é real. Não foi só uma idéia que passou na minha cabeça. São fragmentos que as vezes o vento não leva. E então você percebe que só tem que se importar com o que é necessário. E que o necessário depende de qualquer um.