O Condor e a Raposa

fox.jpgA vida seguia normalmente nas montanhas andinas, até quando chegou a notícia de que chuvas provenientes da costa provocariam uma grande inundação. Por tal motivo, os seres vivos dos Andes foram chamados para uma grande assembleia do reino animal. Os representantes das aves grandes e pequenas se fizeram presente, chegaram os felinos das alturas, os líderes dos camelídeos, as vizcachas, raposas, serpentes e até as borboletas. Quando tomou a palavra o Puma, disse a todos:

– Temos que esquecer as nossas diferenças, pois uma grande chuva está para chegar.

Os animais concordaram com a proposta e decidiram que cada clã deveria protegeres convenientemente, pois a tempestade chegaria as montanhas dentro de dois dias. Antes de terminar a reunião, o Puma propôs enviar um emissário a floresta onde viviam os irmãos animais da grande selva verde. Curiosamente os primeiros a proclamar sua solidariedade, foram os animais pequenos. As vizcachas disseram que com grande esforço poderiam chegar dois dias antes da chuva cair sobre o bosque tropical. Os beija-flores propuseram chegar em um dia e meio porém corriam o risco de morrer congelados ao cruzar as altas montanhas. Logo as vicunhas participando disseram que com grande velocidade poderiam chegar em um dia. O Puma por sua vez ofereceu-se para cruzar as montanhas em 12 horas.

A Raposa tomou a palavra e arrogantemente assegurou que poderia subir e baixar as montanhas em seis horas. Nenhum dos presentes acreditou. Quando a paciência da assembléia estava chegando ao fim, o Condor tomou a palavra e com sabedoria disse:

– Este é um trabalho para os condores, iremos fazer este trabalho.

No entanto a raposa insistiu veementemente que com sua agilidade conseguiria atingir a meta em curto espaço de tempo. Razão pela qual seguiu em direção a selva, apesar da maioria ter elegido o grande Condor Branco para a missão. Quando a assembleia foi encerrada o Condor alçou voo e rapidamente, sumindo no horizonte andino, tal como a raposa que desapareceu entre as folhagem de ichu.

O Condor com grande habilidade se esquivou dos ventos quentes provenientes da selva verde e em questão de poucas horas havia conseguido transmitir a mensagem aos animais da floresta. No seu regresso, graças a sua aguçada visão percebeu que a raposa estava presa no meio das montanhas e senão fosse socorrida iria morrer. O Condor se acercou dela e disse:

– Irmã estamos em trégua, já cumpri nossa missão, não necessita mais continuar. Se quiser posso salvá-la…

A Raposa arrogantemente e incrédula respondeu:

– Não acredito em você, certamente irá me comer. Além disso falta pouco para cruzar esta montanha e alcançar a selva.

O condor não insistiu e resolveu seguir viagem. Depois de um tempo de voo, regressou para ver se a raposa havia mudado de ideia. Grande foi sua decepção ao vê-la morta por congelamento. Tranquilamente ele regressou para sua casa, carregando uma refeição fresca em seu bico, graças a uma raposa inteligente, mas presunçosa e teimosa.

condor

POMPÉIA – A verdadeira Segunda feira!

Imagem

Sou extremamente suspeito para falar sobre filmes, afinal assisto todos que saem. Mas o texto de hoje está relacionado com o SPOILER fodastico: Ninguém sobrevive em Pompéia!!

“Pô Bob, vc falou o filme cara! Vsf! ” e blá blá blá, Galera, é o seguinte, todos os filmes antigos já tem história pré-datada, chega a ser cômico se naõ fosse trágico.
Era Domingo, chuvoso, extremamente frio, e mal acordei, na verdade mal durmi, na verdade durmi mais no ônibus voltando pra minha cidade do que na Cama box que possuo(eu a possuo todas as  noites, as vezes com alguma cia).
Enfim, Cheguei em casa só para matar aquela saudade da Guerreira, a minha Mãe.
Afinal semana que vem é carnaval e fico 2 semanas sem vê-la. Porque?! Provavelmente no outro final de semana termino de pintar a tatuagem…

É meu camarada… morar sozinho, ter que arrumar casa, pagar as contas, andar de busão, gastar o eufrates em eletrodomésticos(cama, mesa banho, foda-se se falei errado.) e o tigres em festas não é brincadeira não.Achei que fazendo 2.6 TURBO, altamente híbrido e destilado poderia mudar alguns conceitos de vida, mas não deixou de ser mais um dia comum.
Já passou do 3º dia e eu nem ressucitei o Simancol ainda… já to no Quarto dia com as mesmas idéias!

Será que mudarei rápido? Quickly?! FAST?! Mas sempre me pergunto: “What The Fox Say?!” quando vejo gente estúpida conversando comigo, porque só escuto :

-“Ding ding ing ding ding”, “waka-waka-waka hoo” vindo dessas criaturas do paleolítico inferior.

Bem meus caros, o nome do post não tem nada haver, minha história é sem nexo algum, Meu time de futebol… é… ah… (não curto futebol), e é isso aí. O que realmente queria falar é que quando chega a uma certa idade, a maturidade bate tão forte na sua CARA, que você percebe que faz TANTA coisa ao mesmo tempo que não fazia antes, que quanto mais velho mais responsabilidade você tem, que parece a digníssima POMPÉIA quando explodiu da noite pro dia e não sobrou nada além do pó. E trazendo isso pro dia a dia, quando o ser humano percebe que tem que amadurecer às vezes é tarde demais.. e o que lhe resta é só o pó, a DEATH, a Morte, a “El muerte”.

Bom dia, boa tarde e boa noite gurizada do Rock Reggae Music.Essa semana vai demorar passar… e espero que o carnaval transceda alguma coisa inútel.

What Does The Fox Say?

http://www.youtube.com/watch?v=jofNR_WkoCE

Imagem

Dog goes woof
Cat goes meow
Bird goes tweet
And mouse goes squeek

Cow goes moo
Frog goes croak
And the elephant goes toot

Ducks say quack
And fish go blub
And the seal goes ow ow ow

But there’s one sound
That no one knows
What does the fox say?

Ring-ding-ding-ding-dingeringeding!
Gering-ding-ding-ding-dingeringeding!
Gering-ding-ding-ding-dingeringeding!
What the fox say?

Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
What the fox say?

Hatee-hatee-hatee-ho!
Hatee-hatee-hatee-ho!
Hatee-hatee-hatee-ho!
What the fox say?

Joff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
Tchoff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
Joff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
What the fox say?

Big blue eyes
Pointy nose
Chasing mice
And digging holes

Tiny paws
Up the hill
Suddenly you’re standing still

Your fur is red
So beautiful
Like an angel in disguise

But if you meet
A friendly horse
Will you communicate by
Mo-o-o-o-orse?
Mo-o-o-o-orse?
Mo-o-o-o-orse?

How will you speak to that
Ho-o-o-o-orse?
Ho-o-o-o-orse?
Ho-o-o-o-orse?
What does the fox say?

Jacha-chacha-chacha-chow!
Chacha-chacha-chacha-chow!
Chacha-chacha-chacha-chow!
What the fox say?

Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
What the fox say?

A-hee-ahee ha-hee!
A-hee-ahee ha-hee!
A-hee-ahee ha-hee!
What the fox say?

A-oo-oo-oo-ooo!
Woo-oo-oo-ooo!
What does the fox say?

The secret of the fox
Ancient mystery
Somewhere deep in the woods
I know you’re hiding
What is your sound?
Will we ever know?
Will always be a mystery
What do you say?

You’re my guardian angel
Hiding in the woods
What is your sound?

(Fox sings)
Wa-wa-way-do wub-wid-bid-dum-way-do wa-wa-way-do

Will we ever know?

(Fox sings)
Bay-budabud-dum-bam

I want to…

(Fox sings)
Mama-dum-day-do

I want to…
I want to know!

(Fox sings)
Abay-ba-da bum-bum bay-do