“C’è una frase famosa: …”

cachoeira.jpg…que se dizia assim: “Antes só do que mal acompanhado”. Pois bem, defina para mim o que é ser “só”. Porque perante ao significado de tal palavra, há jargões e algumas sentenças descritivas explicitando o entender dos “ovos”.

Veja bem, só significa sozinho; que não está acompanhado; desprovido de companhia: antes só que mal acompanhada; caminhava só pelas ruas da cidade. Como também isolado; em constante solidão: sempre foi um poeta só. Como também deserto; sem habitantes; pouco ou não visitado ou frequentado: local só. Apenas; com exclusão dos demais: do trabalho só quer dinheiro.

Mas oras bolas, se caminhar pelas ruas da cidade, sendo um poeta só, parecendo um deserto, preocupado só com dinheiro(em questão do trabalho), pouco ou não visitado, então essa pessoa representa a sociedade de hoje em dia. Ou seja, estamos todos sós. Somos pessoas solitárias.

Muitos trabalham onde não querem, mas estão lá somente por dinheiro, outros não saem tanto, e nem recebem visita, outros andam sozinhos pela cidade, às vezes por falta de companhia outras por opção.

A sociedade deixou de ser uma oligarquia conjugal de divisão de valores e passou a ser uma anistia carregada de solidão.

Ao fritar dos ovos, percebemos que somos programados para fazer as funções básicas de sobrevivência do mundo, em um ciclo vicioso e totalmente exaustivo. Será quando o despertar do ser humano? Quando ele realmente perceber que nada disso lhe trará paz?
Que tudo isso culmina para um estado de felicidade longínquo e distante?

Abra os olhos! Abra-os AGORA! O momento é AGORA!

ACORDA!

Tic tac, tic tac, ACOOOOOORDA!

 

A idiotice é vital para a felicidade.

Imagem

“Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.

No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.

Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.
Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
hahahahahahahahaha!…

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?

É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?

Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.

Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas… a realidade já é dura; piora se for densa.

Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.

Pule corda!

Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida – e esse é o único “não” realmente aceitável. Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.

Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir…

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!”

(Arnaldo Jabor)

A vida é pra quem se atreve!

Imagem
Olá pessoas do paleolítico inferior!
Sejam bem vindos a SELVA! É isso mesmo! O mundo de hoje é uma TREMENDA e MONSTRUOSA SELVA!

O mundo é pra quem se atreve. É sim! É pra quem se desafia todos os dias à primeira Aurora do dia, é para aqueles que usam 110% de si mesmos para suprir algum desafio, alguma atividade que não somente DESEJA, mas que a REALIZA independente de QUALQUER obstáculo!
O mundo é pra quem se atreve. É sim! É pra quem não reclama das oportunidades que perdeu, ou do Amor que nunca teve, ou da Tatuagem que nunca “teve tempo” pra fazer (Eu fiz a minha porra!!!!).

O mundo é pra quem se atreve. Pra quem não reclama que estuda 10 HORAS por dia e não passa num vestibular, ou num concurso, ou em porra nenhuma, que diz que a vida é DURA porque não consegue algo substancial e realizado. Se isto está ocorrendo, você tem que sair da Rotina, tem que sair da Zona de Conforto, tem que MUDAR, mesmo que for literalmente!

O Mundo é pra quem SE ATREVE! Atreve a ser uma pessoa melhor, MAIS bondosa e não bobão, MAIS educada e não arrogante, MAIS sincero e sem falsidade, MAIS VOCÊ e menos o MUNDO! Menas vaidade, e tudo que lhe deixa pra baixo!

O mundo é pra quem se atreve… quem não se atreve, não se arrisca e não é dono de suas escolhas é apenas mais um ninguém nessa Selva.

Balada!

Imagem

Primeiramente, você chega na balada e observa que metade das mulheres estão com um vestido de elástico, já a outra metade está com uma regata branca ou top e por cima uma blusa fina, junto com uma saia alta embalada a vácuo ou short customizado.
Usando o insistente perfume 212, Angel e Light Blue. Mas até aí tudo bem pois o uniforme faz parte. Não muito distante disso você vê alguns homens com uma camisa polo com “número 43” nas costas e um cavalo gigante no peito, perfume one million e a barriga saliente, com as mulheres mais bonitas da festa. Alguns gastando dinheiro que não tem, outros gastando por gastar e outros como eu agora, pensando em como funciona tudo isso… Nesse instante por algum motivo você se sente diferente daquelas pessoas. Culturalmente instruídos a sempre segurar um copo na mão seguimos o nosso caminho em busca de algo que no fundo não sabemos se realmente faz sentido.
De forma alguma não estou dizendo que não gosto de balada, ou que balada é algo de pessoas “vazias”, mas infelizmente na maioria das vezes é isso que eu vejo, mulheres que só querem levantar seu ego e homens que acham que “baixar” um litro de bebida na mesa lhe faz ser o macho “top” da festa.
Cada vez mais as pessoas têm a necessidade de mostrar ser uma coisa que não são, e principalmente terem seu ego exaltado.
Agora só falta elas perceberem que isso não leva a lugar nenhum.

Chegamos num ponto chave da sociedade, onde máscaras valem mais do que expressões, garrafas de bebida em cima da mesa valem mais do que apertos de mão e companhias falsas valem mais do que uma conversa sincera com a menina menos atraente da festa.

Por fim entenda que você pode ser uma pessoa super charmosa, educada, inteligente ou qualquer outro adjetivo, mas se a outra pessoa não for equivalente, ela não irá perceber o quão valiosa você é.”