A dor é inevitável

É, eu sei… A dor vem pra todos, uma hora ou outra ela bate na porta, ela dilacera, rasga, marca, de uma forma inimaginável. Ela chega como um ladrão, te rouba devagar, sem vestígios e quando você percebe, ela já foi funda demais, ela fica surreal, profunda, insana, dilacerante.

Mas no fim você percebe que ela foi boa, apesar de não ser bondosa, ela foi aceitável, te tornou mais forte, se tornou menos insensível, você começa a perceber que nem tudo na vida é doce, você precisa experimentar o amargo pra ter noção da realidade, do que é doce.

Na verdade a vida é essa mixagem de experiências de bons e maus momentos, decepções e concepções, escolhas e consequências que você traça durante sua vida achando que é o melhor caminho, mas na verdade você nunca decidiu nada, tudo estava previsto pra acontecer.
Tem pessoas que vivem a plenitude divina de uma vida perfeita, tem outros que tem que se fuder pra dar valor. Alguns chamam de carma, eu chamo de vida.

Pare de se lamentar pelas coisas que não fez e começa a se responsabilizar pelas coisas que fez. É 100% melhor dormir sabendo o que fez e pagando o preço do que dormir pensando no que poderia ter sido feito.

A vida é isso, é encontros e desencontros, é romances e amores que vem, passam, rasgam e definem a sua alma, de forma única, distinta e surreal e depois passa…

No fim você percebe que não vale a pena perder tempo. A vida é MUITO preciosa pra você perder tempo tentando agradar os outros, tentando ser alguém que não é.
O mundo está carente de sentimento. Maldita era digital que todo mundo foca Status.

Eu só quero ser feliz, simples assim. Cansado desse povo focado em status e aparência.

Mundo de cristal esse que vivemos. Uma hora a máscara cai. É isso aí. Acordar 2 da matina com vontade de digitar. Vida que segue.

Pessoas ímpares

Drummond já dizia: “ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar”. Somos diferentes em opiniões, sonhos e vontades e é exatamente isso que nos torna únicos.

Tem-se por definição que pessoas ímpares são pessoas solitárias e amargas, mas isso é tão errado quanto contrário. Pessoas ímpares são pessoas reais, verdadeiras e simples. São pessoas que, embora saibam o valor da solidão, também, valorizam a companhia do outro.São pessoas que aprenderam a se amar, antes de despertar o amor ao próximo.

Chega a ser assustador essa necessidade em amar e ser amado que algumas pessoas apresentam, como se isso fosse um objetivo de vida e não e não um acaso. Muitos não entendem a diferença entre estar só e ser só e fazem dos momentos de solidão verdadeiros martírios para a alma.

Fernando Pessoa afirmava que o homem que não se encontra na própria solidão, não é verdadeiramente livre: “a liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.”

Artur da Távola tem uma das definições de amor mais realistas da literatura moderna: “é preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão. E que amar, “solamente”, não basta. Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia, tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade.

Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas sozinho não dá conta do recado. O amor é grande mas não é dois. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.”

O insucesso de muitos relacionamentos se dá exatamente por essa razão: além de idealizarem um amor romântico inexistente, não conseguem ser boas pessoas ímpares, logo não são boas pessoas pares.

Outro grande problema que envolve o relacionamento é a responsabilidade que se coloca no outro em fazer o relacionamento dar certo. É preciso entender que não está nas mãos de ninguém a sua felicidade. O grande amor da sua vida é você! Honre-se! Respeite sua história, sua vida, sua família. Não crie expectativas que o outro não poderá suprir. Seja ímpar antes de ser par!

Quando falamos em pessoas ímpares falamos em pessoas que sabem ser felizes nos momentos mais delicados da vida. Falamos de pessoas guerreiras, simples, reais e que, por terem enfrentado as dificuldades de peito aberto, estão prontas para serem e fazerem outras pessoas felizes.

Pessoas ímpares são boas porque acreditam no amor, mas sabem que ele não tem poder de vencer tudo. São fieis, constantes e responsáveis. Possuem endereço fixo, são fáceis de encontrar e não somem no meio da relação como o mestre dos magos.

Pessoas ímpares são fortes. Encaram os problemas de frente e não culpam os outros pelas cicatrizes que carregam. Sabem que o companheiro atual não tem culpa do que os anteriores fizeram. Sabem que a felicidade não possui fórmula mágica e encontram na rotina motivos para serem felizes.

Pessoas ímpares não temem o tempo, as rugas, a solidão. Esperam por seus milagres lutando e não acreditam em resultados sem esforços. Pessoas ímpares são imperfeitas, cometem erros e sabem o valor do perdão. Sabem que a mudança de comportamento tem mais valor que meia dúzia de rosas entregues sem arrependimento.

Pessoas ímpares perdoam traições, mas não ficam vítimas delas. Terminam relacionamentos, mas se curam dos traumas. Carregam cicatrizes, mas não carregam as dores.

Pessoas ímpares são gratas, felizes e doces. Eternas aprendizes da vida, acreditam que essa vida é apenas uma passagem e, por isso, conseguem ver além das dificuldades.
Pessoas ímpares são raras, mas existem e eu desejo que, antes de você encontrá-las, você saiba a importância de se tornar uma.

O Temor Combate-se com a Esperança

Não haverá razão para viver, nem termo para as nossas misérias, se for mister temer tudo quanto seja temível. Neste ponto, põe em ação a tua prudência; mercê da animosidade de espírito, repele inclusive o temor que te acomete de cara descoberta. Pelo menos, combate uma fraqueza com outra: tempera o receio com a esperança. Por certo que possa ser qualquer um dos riscos que tememos, é ainda mais certo que os nossos temores se apaziguam, quando as nossas esperanças nos enganam.
Estabelece equilíbrio, pois, entre a esperança e o temor; sempre que houver completa incerteza, inclina a balança em teu favor: crê no que te agrada. Mesmo que o temor reúna maior número de sufrágios, inclina-a sempre para o lado da esperança; deixa de afligir o coração, e figura-te, sem cessar, que a maior parte dos mortais, sem ser afetada, sem se ver seriamente ameaçada por mal algum, vive em permanente e confusa agitação. É que nenhum conserva o governo de si mesmo: deixa-se levar pelos impulsos, e não mantém o seu temor dentro de limites razoáveis.

Nenhum diz:
– Autoridade vã, espírito vão: ou inventou, ou lho contaram.

Flutuamos ao mínimo sopro. De circunstâncias duvidosas, fazemos certezas que nos aterrorizam. Como a justa medida não é do nosso feitio, instantaneamente uma inquietude se converte em medo.

Séneca, in ‘Dos Reveses’

Não terminei…ainda…

Cada dia fica mais difícil conviver com os tiranos, ser humilhados pelos hipócritas, viver em uma sociedade em que o certo e o errado já inverteu valores dentro de casa.

Cada dia que passa, morre uma parte de mim, aquela parte protetora, confiante, determinada e que julga valores familiares como o alicerce de alguma base.

Mas a verdade é: Nada do que se vive e do que os outros vivem são verdadeiramente iguais. Tudo é diferente, são conceitos e distinções diferentes.

O que é certo para mim pode ser errado para você. A definição de “moralidade” também.

Hoje percebo que família não tem significado sanguíneo. Família é um grupo de pessoas que você convive ao longo da vida e lhe dão conforto, segurança, paz e felicidade. O resto… é resto.

mind

O tempo não existe.

dd.jpgMe incomoda um bocado sempre que ouço algo do gênero “ela não tem mais tempo para isso” ou “ela tem que decidir antes que seja tarde demais” ou qualquer outra frase que enfoque o tempo como se este tempo fosse igual para qualquer um de nós. Cada pessoa nasceu no seu tempo e morrerá no seu tempo. O que ela fizer a partir da linha de partida e antes de cruzar a linha de chegada será única e exclusivamente realizado dentro do seu único e exclusivo tempo.

Não existe a “hora certa” de casar, de ter o primeiro filho, de ter o segundo filho, de estudar, de namorar, de deixar um emprego, de abrir um negócio. Não existe hora marcada em lugar nenhum. Cada um de nós enfrenta uma jornada própria e a felicidade é uma experiência singular.

Quem faz a nossa hora somos nós. Não existe regras em relação ao tempo. Alguém viu algum relógio por aí? O tempo é único, individual e está dentro de cada um de nós. Só nós sabemos em que tempo estamos de nossas vidas.

Sou fiel seguidora dos ensinamentos do líder espiritual indiano Sri Sri Ravi Shankar. Há um trecho de um texto dele que tenho emoldurado em meu quarto de ioga e meditação e que diz assim:

“Alguns estão solteiros, alguns estão casados e esperaram 10 anos para ter um filho. Outros tiveram um filho depois de um ano de casados. Alguns se formaram aos 22 anos e esperaram cinco anos para conseguir um bom emprego. Outros se formaram aos 27 e encontraram o emprego de seus sonhos imediatamente. Alguns se tornaram presidentes de grandes empresas aos 25 e morreram aos 50, enquanto outros se tornaram presidentes aos 50 e viveram até os 90.

Cada um trabalha com seu próprio fuso horário. As pessoas conseguem lidar com situações apenas de acordo com seu próprio tempo. Trabalhe com seu próprio tempo. Seus colegas, amigos, conhecidos mais jovens podem parecer estar “à frente” de você; outros podem parecer estar “atrás”. Não os inveje nem zombe deles. Apenas estão em seu próprio tempo – e você está no seu. Você não está atrasado nem adiantado. Você está exatamente na hora certa”.

Você está no seu próprio Tempo

tempo

Alguém se formou aos 22 anos, mas teve que esperar 5 anos para conseguir um emprego estável.  Alguém se tornou um grande empresário aos 25, e morreu aos 50. Enquanto isso, outra pessoa se tornou empresária aos 50, e viveu até os 90 com saúde.

Alguém continua solteiro, enquanto outro alguém está se casando.

Obama terminou sua vida política aos 55, e Trump começou aos 70.

Todos nesse mundo funcionam baseados no seu próprio fuso horário.

As pessoas ao seu redor podem parecer que sempre estão na sua frente, e outros parecerem sempre estar atrás de você, mas todo mundo está correndo a sua própria maratona, no seu próprio tempo.

Não os inveje, nem os menospreze.

Você não está atrasado.

Você não está adiantado.

Você está no tempo certo.

Tudo é no Tempo de Deus.

 

Poema do dia

fdas.jpgO poema da manhã
muito certo, pouca opção
Não uso sutiã
Mas é grande o meu coração

Certo dia você acorda
Percebe que a vida não volta
e o destino é traçado na ponta da corda
Esperando uma guerra interna, uma revolta.

A mudança tem que vim de dentro
da mesma forma que o café é feito com água
Tudo que vai, volta pro centro
é a mistura perfeita, a sintonia que desagua

Rios de decisões e sentidos pra viver
Uma vida sem arrependimentos
Porque melhor sorrir do que sofrer
nessa estrada, caminhos de ventos.