Leia

eee Jesus disse que havia muitas moradas na casa de seu Pai. Povos muitos atrasados da época, acreditavam se tratar de uma afirmação meramente relacionada a um bom espaço geográfico destinado a acomodar todas as pessoas de bem. Com o passar dos séculos, com o avanço do conhecimento humano, pesquisadores, historiadores e cientistas descobriram que havia muito mais por trás das palavras de Jesus. Em diálogo com Nicodemos, Jesus afirma que para o Reino do seu Pai ser conhecido seria preciso renascer muitas vezes. Jesus deixou claro, também, que muitos ensinamentos não foram totalmente passados para não haver perturbação devido à falta de conhecimento necessário para o correto entendimento de suas palavras. Naquele tempo, muito do que se ouvia era interpretado de forma meramente literal. Allan Kardec disse que todos os mundos eram habitados, todos, pois que Deus não criava nada em vão ou para uma destinação ociosa. Tudo no Universo teria uma útil função; obviamente esse “todos” não se refere a vidas exatamente como as que conhecemos na Terra.

Camille Flammarion, amigo de Kardec e astrônomo de ofício, certa vez narrou que havia avistado naves pousando e movimentando-se na superfície da Lua. Portanto, já faz algum tempo que existem provas e relatos de vidas extraterrestres. Hoje é de conhecimento público que a NASA possui fotos de bases na Lua e em Marte que não foram confeccionadas pela tecnologia humana. Além de bases, há relatos, fotos e descrições de extraterrestres de diversas formas e densidades físicas: menores que nós, maiores, alguns bem maiores com quase 3 metros de altura, outros de um olho só, alguns que podem respirar nosso ar e outros que necessitam de proteção para não respirarem aqui em nosso planeta. As alturas variam de 80 centímetros a 3 metros e meio. Para não arriscarem-se em ambientes hostis de seres tão atrasados e maldosos como o nosso, na maioria das vezes os extraterrestres enviam animais treinados para realizarem trabalhos de coletas animais e de amostras vegetais ou de solo. Muitos supostos extraterrestres que já foram avistados, filmados, ou fotografados, na verdade eram animais treinados dos próprios et’s tais como: seres aquáticos, et de varginha, pé grande, animais alados, morcegóides, corujóides, quase lobos ou quase cangurus, chupa cabra, sasquatch, homem das neves, seres com aparências exóticas, etc. No Uzbequistão foi encontrada uma pintura, no interior de uma caverna, datada de 12.000 anos a.C., que retratava seres com capacete e uma nave de forma discoide ao fundo.

Dentro das categorias de extraterrestres também há uma espécie de graduação intelectual e moral conforme o grau de adiantamento de cada espécie. Há também seres do tipo ômega, seres de luz, invisíveis, com equipamentos e naves invisíveis, muito adiantados, extremamente raros e que quase não frequentam o nosso planeta devido a diferença elevadíssima cultural entre as duas espécies. Um ser deste tipo já foi detectado em uma base da força aérea espanhola. Há muitos casos de extraterrestres que já dominam a tecnologia multidimensional e que auxiliam em centros espíritas nos trabalhos de luzes curativas, passes energéticos, desobsessão, ou em resgates espirituais de regiões inferiores. Muitos destes et’s, já bastante evoluídos e desprovidos de qualquer vaidade, por motivos de preconceito alheio, preferem ficar no anonimato e passarem por espíritos amigos de equipes socorristas do próprio plano extrafísico da Terra.

O perispírito dos seres varia conforme o planeta e o adiantamento moral de cada um. O cientista não espírita, pesquisador e biólogo inglês Rupert Sheldrake, em seus recentes trabalhos científicos, afirmou que o corpo envoltório morfogenético  é modelado pelo nosso campo energético. Dr. Rupert também afirma que toda experiência da natureza que deu certo será repetida em qualquer lugar. Por esse motivo que observamos que a forma biológica que deu certo, um ser formado de cabeça, tronco e membros, se repete em várias estruturas humanoides do Universo. Em 1972, Chico Xavier revelou que, se a raça humana não se comprometesse numa lastimável guerra nuclear, na etapa seguinte, na história da humanidade, haveria um contato oficial com uma civilização extraterrestre. Há inúmeros relatos, todos autênticos, de pilotos militares, de diversas nacionalidades, que depararam-se com casos bizarros envolvendo objetos voadores não identificados: quando um caça recebe autorização para romper a barreira do som há um estrondo terrível e se tal manobra não for realizada em altura segura, inúmeras janelas e construções serão destruídas com esse procedimento, mas, alguns pilotos ficaram muito espantados ao serem deixados para trás, por naves que romperam em 3, 5, 10 vezes a barreira do som, sem causar um ruído sequer. Há casos, também, de naves que desmaterializaram-se, sumindo da visão e do radar, para reaparecerem, segundos depois, no campo visual e no radar, logo atrás do caça que a perseguia. Há filmagens oriundas de estações espaciais onde esses objetos entraram na atmosfera Terrestre a 30.000 km/h e afastaram-se a 100.000 km/h.

Uma grande dúvida sempre fica no ar quando se fala em vida em outros planetas: Qual será o real motivo que esses seres possuem para evitar o contato oficial com o povo da Terra? E, por qual razão algumas pessoas são abduzidas contra a vontade se a nossa lógica parece que fica um pouco ferida por não conceber temas antagônicos como maus-tratos e civilização mais evoluída? Existem várias teorias para explicar esses fenômenos: Espíritos de outros planetas que reencarnaram na Terra e foram rastreados e reconhecidos por seus ex companheiros de civilização. Et’s que acompanham nossas transmissões e julgam o ser humano dotado de semiconsciência por ser ainda muito atrasado, egoísta, materialista, vaidoso, vulgar, preconceituoso, capaz de enganar ou matar o semelhante por motivos fúteis como riqueza, religião, etnia, sexualidade, ganância e que destrói o próprio ambiente no qual vive. Dentro das próprias raças de extraterrestres há vários níveis de evolução como há essas diferenças entre países aqui na Terra, o que explicaria diferentes modos de abordagem. Algumas pessoas, como quase todo o ser humano da Terra, com suas energias baixas e pouco evoluídas, abrem um campo magnético que atrai determinados tipos de condutas (experimentos) do mesmo modo que permite que espíritos obsessores se aproximem e interfiram em suas vidas por falta de pensamentos e atitudes mais nobres e proveitosas no seu modo de viver.

Anúncios

Subverso Universo


Você tem um dia pra agir,

Um destino a cada escolha,

Um enredo para cada história,

Uma perspectiva diferente todos os dias.

Você pode agradecer o dia de chuva

Ou detestá-lo amarguradamente 

E carregar contigo as cargas de sentimentos

Geradas em decorrência das suas escolhas.

A oração facilita a compreensão divina

Mas não te livra do pecado

Nem te abstêm de suas ações

As escolhas fazem de você

O que você é

Não o que o mundo quer

Ou sua mãe, emprego, amigos desejam

A verdade está disponível pra quem deseja ver

O sentimento está disponível pra quem deseja sentir

A vida está lá fora pra quem ousa acompanhá-la

Palavras que emanam poder

Sentimentos que exalam liberdade

Seres que emitem luz e radiam o nosso dia a dia

O tudo ou nada

Infinito

Paz

Xícara de Café

recipientes.jpgUm grupo de profissionais, todos vencedores em suas respectivas carreiras, reuniu-se para visitar seu antigo professor.
Logo a conversa parou nas queixas intermináveis sobre stress no trabalho, e na vida em geral. O professor ofereceu café. Foi para a cozinha e voltou com um grande bule e uma variedade das melhores xícaras: de porcelana, plástico, vidro, cristal…
Algumas simples e baratas, outras decoradas, outras caras, outras muito exóticas…
Ele disse:
– Pessoal, escolham suas xícaras e sirvam-se de um pouco de café fresco.

Quando todos o fizeram, o velho mestre limpou a garganta, calma e pacientemente conversou com o grupo:
– Como puderam notar, imediatamente as mais belas xícaras foram escolhidas, e as mais simples e baratas ficaram por último. Isso é natural, porque todo mundo prefere o melhor para si mesmo. Mas essa é a causa de muitos problemas relacionados com o que vocês chamam “stress”.

Ele continuou:
– Eu asseguro que nenhuma dessas xícaras acrescentou qualidade ao café. Na verdade, o recipiente apenas disfarça ou mostra a bebida.
O que vocês queriam era café, não as xícaras, mas instintivamente quiseram pegar as melhores.
Eles começaram a olhar para as xícaras, uns dos outros.

Agora pense nisso:

A vida é o café. Trabalho, dinheiro, status, popularidade, beleza, relacionamentos, entre outros, são apenas recipientes que dão forma e suporte à vida. O tipo de xícara que temos não pode definir nem alterar a qualidade da vida que recebemos. Muitas vezes nos concentramos  apenas em escolher a melhor xícara, esquecendo de apreciar o café! As pessoas mais felizes não são as que têm o melhor, mas as que fazem o melhor com tudo o que têm!
Então se lembrem: Vivam simplesmente. Sejam generosos. Sejam solidários e atenciosos. Falem com bondade. O resto deixem nas mãos do Criador Eterno, porque a pessoa mais rica não é a que mais tem, mas a que menos precisa. Agora desfrutem o seu café!

Hoje eu nem sei

fundo black

Ando meio ocupado, meio estranho, às vezes sinto cansaço do meio do nada, o sono bate de uma hora para outra. Fico sem rumo, atordoado, sentindo falta de algo que me pertencia, ou eu achava que pertencia. Já lhe aconteceu algo que você não queria saber a explicação? Apenas ficar no anonimato, por medo ou receio do que iria descobrir? Há algum tempo ando tendo esses apagões. Quando eu acordo, já perdi alguns momentos do dia. No começo era questão de minutos, parecia que eu ficava desligado por algum tempo. Depois de um período, comecei a ter esses apagões novamente. Essa semana eu acordei na cozinha, com dois copos de leite na mesa, não lembro de ter colocado eles lá. Geralmente são as 3 da manhã. Não creio que possa ser sonambolismo. Mas não deixo de acreditar também. Às vezes a dúvida me norteia a cabeça. Será que estamos sozinhos? Será que somos o propsósito de algo maior? será que estamos ficando louco? Nós estamos tentando entender o que se passa nessa vida. Certo dia, sonhei que estava sofrendo algum tipo de cirurgia no braço, acordei com uma dor no mesmo, mas sem marca de nada. Às vezes essa dor volta, às vezes não.

Já se sentiu às vezes perdido, sem saber qual o seu verdadeiro papel no mundo? Já aconteceu contigo coisas desagradáveis e que sempre estão virando rotina esses acontecimentos, que você duvida que venha algo bom para você? Como se o universo inteiro estivesse conspirando contra a sua pessoa, literalmente a sua pessoa? Engraçado é como o mundo nunca lhe enxerga como um inocente. O mundo acha que você é mais um que se dá de vítima para suprir os erros que o destino lhe proporciona.

Às vezes a dúvida me norteia a cabeça. Às vezes perco alguns momentos do dia…
Será que estamos sozinhos? Às vezes somos apenas passageiros solitários.