Felicidade: um estado que vem de dentro

felicidadeÉ muito comum ouvirmos as pessoas mais velhas mostrarem-se maravilhadas ou perplexas diante das inovações dos nossos dias, dizerem coisas do tipo: “Ah, você é que é feliz! No meu tempo não tinha nada disso!”. Não deixa de ser verdade que, atualmente, há soluções prontas para praticamente todos os problemas e produtos para quase todas as necessidades. Por que, então, as pessoas não estão mais felizes?

Em primeiro lugar, porque a felicidade não é um estado que se atinge e lá se fica. Só somos capazes de identificar que alguns momentos são felizes justamente pela comparação entre o estado de felicidade e as demais sensações, menos agradáveis, que experimentamos ao longo de nossas vidas.Em segundo lugar, porque estar feliz não depende de fatores externos, é um estado que se adquire a partir de dentro de nós mesmos.

Sei que muitas pessoas podem discordar desse raciocínio e alegar que, por exemplo, ganhar sozinho na mega-sena deixaria muita gente feliz. Isso é verdade para todas as pessoas que querem muito ganhar dinheiro. Mas essa alegria, também não duraria indefinidamente porque, uma vez realizado o sonho, ele passa a fazer parte da vida da pessoa como algo adquirido e, embora possa ser sempre objeto de satisfação, não garante o estado de felicidade contínua.

Atualmente, somos tão fortemente bombardeados com excesso de estimulação e informação, que é comum observar ansiedade e frustração nas pessoas, por não conseguirem dar conta de conhecer e acompanhar todas as novidades. É bom lembrar que ninguém é capaz de dar conta de tudo isso. E mais, se a ansiedade se instala, aí é que passamos a produzir menos e a usufruir menos ainda da nossa vida. Portanto, o melhor é escolher as melhores alternativas, aquelas que mais nos interessam, e deixar o que é menos importante para depois ou para trás, lembrando-se que somos humanos e, portanto, limitados.

Para que estejamos bem, é necessário que estejamos sintonizados com nós mesmos. Na prática, isso significa relativizar a importância de tudo que nos atinge de fora para dentro, seja a opinião alheia, o apelo consumista da mídia, as injustiças de que somos vítimas, às vezes, o padrão de beleza imposto pela sociedade atual, enfim, é preciso aprender a ficar, dentro do possível, imune aos golpes que vida nos desfere vez por outra. Para isso, precisamos aprender a cultivar e a expressar nosso próprio modo de ser e apreciar a vida sendo do jeito que somos, sem procurar agradar a todos, até porque isso é impossível.

Às vezes as pessoas se perdem em terríveis armadilhas sociais porque gastam a sua energia buscando corresponder às expectativas dos outros ou a atingir metas impossíveis, cujo limite é o próprio corpo. É impossível agradar a todos e, portanto, esse comportamento não vale a pena. É melhor que você seja do jeito que você é e mostre-se espontaneamente para os outros. Muitos irão criticá-lo e se afastar, mas aqueles que gostarem e sempre haverá algumas pessoas que gostarão de você do jeito que você é esses valerão a pena porque, com eles, você poderá se relacionar com leveza, espontaneidade e confiança. Independentemente da sua idade, raça, credo, profissão ou time de futebol, seja sempre você mesmo. Sempre haverá uma platéia pronta para aplaudir sua capacidade ou incapacidade de ousar, de ser ou não ser original, diferente ou parecido com a maioria. Escolha estar com aqueles que aceitam você da forma como você mesmo se aceita e se respeita.

Quanto à satisfação material, busque aquilo que te dá prazer, lute para ter o que você deseja, mas aprenda a satisfazer-se com os frutos do seu próprio esforço e desfrute da busca, não só do resultado. Viver é para o momento presente. Não deixe que a ansiedade lhe diga que a alegria está lá na frente, no futuro, somente se você atingir o objetivo x, y ou z. Você pode trazê-la para cada momento presente, apenas escolhendo ser positivo. Cultive boas amizades, acrescente novas atividades à sua vida, busque diferentes desafios e vibre com cada acontecimento, cada novo encontro.

Não gaste o seu tempo e a sua mente pré-ocupando-se com os problemas. Ao invés disso, ocupe-se trabalhando neles para resolvê-los e use sua mente com pensamentos positivos e um sorriso no rosto. Faça sua parte, trabalhando com entusiasmo e confiança no resultado, respeitando os limites que o seu corpo, sábio conselheiro, lhe impõe. Ocupe-se com as soluções e com tudo o que lhe faz bem, sem deixar que negativismos ganhem espaço na sua mente. Sonhe alto e sorria muito, todos os dias, várias vezes ao dia. Você verá que viver em paz consigo mesmo, tanto quanto ser feliz, é uma escolha, um estado que decidimos ter para nós. Não vem de fora, vem de dentro e precisa ser construído a cada momento de nossas vidas, independentemente do que o mundo exterior nos diga.

Anúncios

E aí?

Engraçado, a maioria das pessoas sempre tem uma desculpa pronta nas mangas para qualquer situação que se baseia relacionamento. O ser humano é volátil, voraz, tímido, custoso, filho da puta as vezes, mas não deixa de SER humano. Algumas pessoas parecem ser insensíveis, mas acredite, elas são mais sensíveis que qualquer outra.

Veja bem, viver é totalmente diferente de conviver. Muitas pessoas convivem uma com as outras, mas vivem pouco. Outras porém, desfrutam da vida como se não houvesse amanhã, e convivem pouco. Um exemplo clássico é aqueles mochileiros, eles viajam o mundo, inteiro, convivendo POUCO, mas vivendo intensamente, entendeu a idéia?
A vida é algo que deve ser suprida a cada momento. Tudo é sempre novo, mas o ser humano as vezes deixa passar batido. Tem lugares que não existem, mas VÁRIOS seres humanos se refujam neles para seu bem estar, é o famoso “Acomodei”. A pessoa deixa de viver, de seguir sua vida, e cria um mundo em que ela se sente bem, mas na verdade isso é ruim.

A vida não tem que ser FÁCIL, ela foi feita pra NÃO ser fácil!

LUTAR é algo que tem que estar vívido em cada aura de cada um. Se viver fosse fácil, não nasceríamos chorando.  Na verdade o bebê chora, porque ele tem uma percepção BILHÕES de vezes maior que a nossa, pois ele acabou de vim de outra dimensão, a alma é velha, mas o recipiente é novo(pra quem acredita em reencarnação, se não acredita, vamos dizer.. foda-se, escrevo o que eu quero, depois explico outro tópico de como você veio ao mundo, filho de cegonha), pois bem, o que quero dizer, é que a vida é uma dádiva, que poucas pessoas desfrutam.

É triste ver cidadãos com GRANDES potenciais, mas que se acomodaram por descuido, desleixo, vontade própria, por acharem que é mais seguro, que é melhor. Poxa bicho! Ficar em casa chorando, ou fazendo P*** nenhuma não vai trazer aquela menininha que você gosta não cara, nem a TV de 60 polegadas que vc sonha, e MUITO menos aquela viagem ao sul do Irã(serio, tem gente que quer ir pra lá).
Não basta acreditar, tem que rasgar a timidez, e meter a cara na disposição, sempre e sem hesitar!

Um amigo meu me disse uma, duas, várias vezes que não é facil focar um objetivo e ir a luta, e eu analisando a situação, vi que ele está correto, porque com isso vem o amadurecimento, você deixa de se preocupar com coisas fúteis, faz sacrifícios para chegar ao seu objetivo, e vai a luta.

Não é facil abandonar aquela festinha onde a “mina” que você está afim vai está lá, muito menos sacrificar aquela manhã de domingo que você pode acordar mais tarde, ou um cinema durante a semana para descontrair(durante a semana no que eu falo, é os que vão TODA a semana).

É companheiro, se tudo fosse fácil não teria graça viver, seria uma vida sem sal.

Muitas pessoas precisam acordar para a realidade, não para a minha,  para a sua, mas para a realidade DELA mesmo. Só espero que não seja tarde demais para você. O que? Acha que não não é pra você? Meu querido(a) leitor(a), acredite, NUNCA o que você fizer será suficente, sempre vai querer mais e mais… pode não confirmar agora, mas sempre irá querer algo a mais….

MAS aí, eu lhe pergunto… o que “tarde demais”?

O mundo acabou?

Vai esperar o prêmio da Mega sena(denovo)?

Vai esperar as férias de  julho do outro ano para prometer as mesmas mudanças(denovo!! PQP!!)?
É isso?
Acha que alguém, vai ter dó de você, e te dar um emprego BOM, com carreira BOA, de bandeja? Não meu querido, isso NUNCA vai acontecer…(se acontecer… vc é um puto de um sortudo, mas nunca acontece)

Então vá a luta, se vire, plante seu futuro, porque a colheita é precisa, plantando ou não.
Faça o impossível para mudar sua realidade, é muito melhor chegar no fim da vida e olhar para trás e pensar: “nossa, vivi, fiz MUITA coisa errada também, mas NÃO arrependo, fiz tudo que podia ter ao meu alcance..”
do que olhar para trás se sucumbir ao remorso e pensar: “PQP… podia ter feito tanta coisa, podia ter sido mais feliz, o que aconteceu?! SE eu pudesse voltar no tempo…”
Meu amigo, esse papo de “Voltar no tempo” é só em filme colega, vá criar o seu futuro antes que ele pereça.