Subverso Universo


Você tem um dia pra agir,

Um destino a cada escolha,

Um enredo para cada história,

Uma perspectiva diferente todos os dias.

Você pode agradecer o dia de chuva

Ou detestá-lo amarguradamente 

E carregar contigo as cargas de sentimentos

Geradas em decorrência das suas escolhas.

A oração facilita a compreensão divina

Mas não te livra do pecado

Nem te abstêm de suas ações

As escolhas fazem de você

O que você é

Não o que o mundo quer

Ou sua mãe, emprego, amigos desejam

A verdade está disponível pra quem deseja ver

O sentimento está disponível pra quem deseja sentir

A vida está lá fora pra quem ousa acompanhá-la

Palavras que emanam poder

Sentimentos que exalam liberdade

Seres que emitem luz e radiam o nosso dia a dia

O tudo ou nada

Infinito

Paz

Anúncios

Hexágono de Saturno

Nós todos sabemos sobre Saturno e seus anéis, mas você já ouviu falar sobre os seus padrões de nuvens? No início de 1980, a missão Voyager fez uma descoberta surpreendente e sem precedentes, que foi confirmada por uma outra visita da sonda Cassini. Englobando todo o pólo norte de Saturno está uma tempestade hexagonal gigante com os lados mais longos do que o diâmetro da Terra. E essa tempestade já dura mais de 30 anos!

Spookily, como é chamado o hexágono, não se move com o resto das nuvens do planeta, e uma vez que possui um elevado grau de precisão geométrica, inúmeras teorias conspiratórias surgiram sobre o assunto. (Felizmente, a maioria deles não são apocalípticas.)

Embora o fenômeno ainda não seja totalmente explicado, os cientistas têm várias ideias que ajudam a explicar exatamente o que está acontecendo, que envolvem “dinâmica de fluidos”. Experimentos em laboratório já mostraram que em um fluido em que o centro está girando mais rápido do que os lados exteriores, começa se criar turbulência nas bordas. Em altas velocidades suficientes, formas poligonais começam a aparecer. Uma vez que os ventos no hexágono foram cronometrados em 322 quilômetros por hora, lados nítidos estão se formando. E enquanto isso soa como uma explicação científica bastante convincente, alguns ainda estão convencidos de que é, naturalmente, uma abertura para outra dimensão.

Como ser abduzido por alienígenas

kkComo ser abduzido por alienígenas
Ser abduzido por alienígenas é fácil, apenas escolha uma situação e divirta-se!

Regras Gerais
Independente da situação, existem algumas regras gerais a se seguir que aumentam as probabilidades de abdução, são elas:

  • Estar sozinho. Na maioria dos casos, pessoas abduzidas não têm testemunhas oculares por perto para comprovar que foram raptadas;
  • Estar sonolento ou sob efeito de álcool ou sedação. Isso ajuda, pois os alienígenas parecem buscar pessoas que não estão totalmente sóbrias. Deve ser chato para eles, ou algo assim;
  • Estar com a saúde em dia, já que alienígenas são extremamente frágeis a nossas enfermidades, como uma simples gripe, por exemplo. Como eles não são bobos (pelo contrário, são muito inteligentes), evitam se expor ao perigo;
  • Se quer ter sua abdução registrada, procure lugares com câmeras de vigilância de má qualidade. Alienígenas gostam de ter seus atos gravados em vídeos de qualidade duvidosa;
  • Acreditar que pode ser abduzido. Afinal, saber é poder;
  • Querer ser abduzido. Afinal, querer também é poder.

Como ser abduzido por alienígenas em casa
Assista bastante filmes de alienígenas e pense constantemente em tudo que está relacionado a eles. Deixe as janelas e portas escancaradas (só tome cuidado para não cair da janela se for sonâmbulo), não pendure nenhum dente de alho na parede nem deixe a louça sem lavar. Deixar a geladeira e o microondas ligado na tomada ajuda também, devido à alta perpendicularidade de tensão energética que geralmente ronda sua instalação elétrica todas as noites, no horário de pico.
Em média, você deve receber pelo menos uma visita alienígena por noite, mas uma série de fatores evitam que você seja abduzido. Pesquisas recentes mostram que nossa alimentação influi muito nisso, então toda semana tente comer coisas diferentes antes de dormir.

Como ser abduzido no trabalho
Esse é bem difícil. Primeiro: alienígenas não brincam em trabalho. Segundo: você tem que seguir as regras acima e estar sozinho, o que só pode acontecer aos finais de semana ou de madrugada, fora do horário do expediente.
Os únicos relatos existentes de abdução no trabalho são de astronautas, que estavam fora da atmosfera terrestre. Então fica aí a dica.

Como ser abduzido dirigindo seu carro
Não precisa ser à noite, mas procure digirir em áreas desertas como estradas e fazendas. Coloque música erudita num volume alto o suficiente para um alienígena escutar e mantenha sempre velocidade constante, só parando para ir ao banheiro. Em média esse tipo de abdução costuma ocorrer em 1 em cada 100 tentativas. Só lembre de levar baterias extras, pois quando voltar da abdução a energia do seu carro pode estar descarregada e muito provavelmente não haverá outro carro por perto para fazer chupetinha.

Como ser abduzido dentro do elevador
Não há muito segredo para esse tipo de abdução, que na verdade é um dos mais comuns. Apenas certifique-se de que o sistema de segurança do elevador esteja gravando tudo e que a imagem da câmera seja péssima. Aí é só passar um bom tempo dentro do elevador (em movimento, esse detalhe é importantíssimo), tentando sempre parar nos andares pares. Se por algum motivo alguém entrar no elevador e parar num andar de número ímpar, volte ao térreo e inicie novamente o processo. Não há erro.

Como ser abduzido no campo
Muito se especula sobre este método, mas há uma fórmula infalível, comprovada até pelos clichês cinematográficos – estou falando da abdução animal. Os animais instintivamente conseguem ser abduzidos com facilidade e você pode se aproveitar enganando os seres extraterrestres, se fantasiando de vaquinha!

O segredo está na paciência. Neste momento você deve encarnar seu ator interior e se fazer passar por um animal até aos olhos de outros animais! Quando conseguir, estará a um passo da abdução e quem sabe, algo mais?

Bom, essas foram as dicas. Mas como todo mundo sabe, nem tudo nessa vida pode ser preparado e sabido com antecedência, então abuse da criatividade e misture as técnicas! Invente a sua e comente! Nos conte o que fez para conseguir ser abduzido com sucesso!

A vila que desapareceu

Imagem

Um dos mais bizarros e inexplicáveis desaparecimentos de seres humanos se deu nas margens do lago Anjikuni, no ano de 1930. Uma vila inteira desapareceu sem deixar vestígios. Até hoje pesquisadores autônomos e oficiais vasculham a região em busca de pistas dos desaparecidos, sem sucesso. As autoridades canadenses ainda estão com o caso em aberto aguardando qualquer informação que ajude a esclarecer o fato.
É como se a tribo jamais houvesse existido.
O mistério da tribo que sumiu começa em novembro de 1930, quando um caçador de peles valiosas de nome Joe Labell entrou, caminhando pela neve, na familiar vila de barracas que costumava passar. Para espanto de Joe, a vila estava vazia. Completamente deserta.
Exatamente em duas semanas antes, o próprio Joe Labelle esteve na vila, e ela estava como de costume. Um assentamento de índios, uma vila cheia de vida com crianças correndo e fazendo algazarra. Velhas carregando roupas e homens carregando madeira e conversando nos alpendres.

Mas agora aquela vila estava vazia. Era um silêncio sobrenatural, onde nem os animais eram ouvidos. Apenas o ruído do vento e das janelas de madeira que eventualmente batiam.
Sem encontrar ninguém para recepcioná-lo como de costume, Joe começou a procurar pelo povo. Ele correu até o lago e viu que os caiaques dos esquimós ainda estavam nos sues lugares. Intactos.
As casas estavam abertas como de costume e no interior delas os tapetes, rifles e mantimentos estavam guardados. “Os esquimós não saem para caçar todos ao mesmo tempo”, pensou Labelle. Ainda mais sem os rifles.
Lbelle vviu que nas fogueiras do acampamento, a essa altura apagadas, os potes de carne de caribus – um tipo de cervo do Canadá – estavam congeladas em seus lugares.
Tudo estava em perfeita ordem e não havia sinais de incêndio, enchente ou vendaval que espantasse os esquimós. Tudo estava no lugar certo, com exceção das pessoas. Era como se a comunidade inteira de duas mil pessoas tivesse deixado subitamente as suas casas no meio de um dia normal.
Labelle começou a ficar intrigado com aquilo tudo. Ele correu para as cercanias da vila e viu que não havia nenhum rastro de que os moradores tivessem passado por ali. Caçador experiente que era Labelle sabia seguir trilhas e rastrear pegadas na neve. Mas as únicas pegadas eram as dele próprio.
Labelle foi tomado por um estranho e mórbido sentimento. (também conhecido como “cagaço supremo”) O caçador saiu dali direto para o escritório telegráfico do distrito mais próximo e alertou a polícia montada do Canadá.
Os soldados ficaram atônitos. Eles nunca tinham ouvido história parecida.
Uma expedição foi imediatamente organizada a fim de investigar a vila, sendo também empreendida uma busca ao longo das margens do lago Anjikuni.
Não foi possível localizar a tribo perdida e a expedição só serviu para agravar o mistério. Ao chegar no acampamento deserto, os mounties canadenses encontraram duas gélidas provas que insinuavam definitivamente a possibilidade de que houvesse ocorrido um evento sobrenatural. Em primeiro lugar, descobriram que os esquimós não levaram os seus trenós puxados por cachorros. Além disso, as carcaças dos huskies foram encontradas cobertas de neve acumulada pelo vento nas cercanias do acampamento. Eles morreram de inanição. Em segundo lugar, e em alguns aspectos o mais inacreditável, foi a descoberta de que as sepulturas dos ancestrais da tribo haviam sido profanadas e os restos mortais, removidos.
Ou seja apenas os humanos, incluindo os mortos foram retirados da tribo. Por quem e por quê, ninguém sabe.
Esses dois fatos deixaram as autoridades perplexas. Os esquimós não poderiam de maneira alguma ter viajado sem um dos seus meios de transporte típicos, os trenós ou os caiaques. E jamais deixariam seus fiéis servos caninos morrerem de uma forma tão lenta e dolorosa. Ainda assim, eles partiram, e os cachorros foram deixados ?
O segundo enigma, as sepulturas abertas, era o bastante para os etnólogos familiarizados com o comportamento da tribo, uma vez que a profanação de tumbas era desconhecida entre os esquimós. Além disso, o solo estava tão congelado que parecia petrificado e seria impossível escavá-lo. Como afirmou um oficial mounty na ocasião: “Esse acontecimento é, de um modo geral, fisicamente improvável.”
Mais de meio século depois, esse veredito ainda é verdadeiro.

Retirado do MundoGump