texto 6Tava em um local lotado de gente conhecida, muita gente que não via há tempos. Achei que era uma festa massa, mas pessoal tava diferente, melancólicos, alguns felizes, outros bem tristes. E aí que percebi uma coisa, era o meu funeral.

 

Já era tarde

texto1

Já era tarde, o tempo passou, o mundo mudou, as coisas ficaram mutáveis, o sentimento se tornou algo obsoleto(gosto de usar essa palavra), a mecânica que coagia os caminhos da vida se tornaram insípidas à sensação do viver.

Vejo mares de pessoas cegas, vultos de escolhas vazias, uma imensidão de más escolhas atormentadas pela ilusão materialista. Escravos de suas mentiras, cúmplices de seus atos, uma verdadeira marcha caótica sobre a imoralidade.

Pergaminhos sendo destruídos, a nova moda da cegueira social alastrando pelo mundo, e quem pensa fora da caixa é cortado ao meio, friamente, abatido igual um animal ruminante. Como se fosse algo necessário, e a sociedade, cada vez mais, tratada como marionete de quem não quer o crescimento pessoal.

 

26-Void

Uma coisa, uma

dddNossa, como as coisas são engraçadas… É óbvio que agora você está muito ocupada mexendo no cabelo, mas sem querer vi uma foto sua aqui e reparei numa coisa um pouco estranha, hahaha. Quando terminar de se auto embelezar me avisa, pq eu tenho uma pergunta pra você!

The Bad Batch

O título desta notícia pode ser estranho, mas não tanto quanto o motivo de eu a tê-la escrito. Enquanto fuçava os confins da internet, me deparei com um cross-over fenomenal entre Jason Momoa (Aquaman, Khal Drogo) e Keanu Reeves (Neo, John Wick), onde a premissa gira em torno da sobrevivência – e do caso de amor – de uma garota ao redor de um grupo de canibais viciados em musculação enquanto que vagam pelos arredores desolados do Texas.

O motivo do encontro entre os atores não poderia ser nenhum outro além de suas ilustres presenças no longa intitulado The Bad Batch, dirigido por Ana Lily Amirpour, cujo trailer você confere longo abaixo:

Além da presença de Reeves e Momoa, Jim Carrey também se junta ao elenco interpretando um personagem conhecido como Eremita. A história de The Bad Batch coloca Momoa no papel de Miami Man, líder de um grupo de canibais que acaba se envolvendo em uma paixão surreal por uma de suas “presas” capturadas. Keeves interpretará um personagem cujo objetivo ainda é desconhecido, nomeado apenas como Sonho.

O longa chegará aos cinemas no dia 23 de Junho deste ano.

Brincadeira

dfas

Começou como uma brincadeira. Telefonou para um conhecido e disse:
– Eu sei de tudo.

Depois de um silêncio, o outro disse:

– Como é que você soube?

– Não interessa. Sei de tudo.

– Me faz um favor. Não espalha.

– Vou pensar.

– Por amor de Deus.

– Está bem. Mas olhe lá, hein?

Descobriu que tinha poder sobre as pessoas.

– Sei de tudo.

– Co- como?

– Sei de tudo.

– Tudo o quê?

– Você sabe.

– Mas é impossível. Como é que você descobriu?

A reação das pessoas variava. Algumas perguntavam em seguida:

– Alguém mais sabe?

Outras se tornavam agressivas:

– Está bem, você sabe. E daí?

– Daí nada. Só queria que você soubesse que eu sei.

– Se você contar para alguém, eu…

– Depende de você.

– De mim, como?

– Se você andar na linha, eu não conto.

– Certo.

 

Uma vez, parecia ter encontrado um inocente.

– Eu sei de tudo.

– Tudo o quê?

– Você sabe.

– Não sei. O que é que você sabe?

– Não se faz de inocente.

– Mas eu realmente não sei.

– Vem com essa.

– Você não sabe de nada.

– Ah, quer dizer que existe alguma coisa pra saber, mas eu é que não sei o que é?

– Não existe nada.

– Olha que eu vou espalhar…

– Pode espalhar que é mentira.

– Como é que você sabe o que eu vou espalhar?

– Qualquer coisa que você espalhar será mentira.

– Está bem. Vou espalhar.

 

Mas dali a pouco veio um telefonema.

– Escute. Estive pensando melhor. Não espalha nada sobre nada daquilo.

– Aquilo o quê?

– Você sabe.

 

Passou a ser temido e respeitado. Volta e meia alguém se aproximava dele e sussurrava:

– Você contou para alguém?

– Ainda não.

– Puxa. Obrigado.

 

Com o tempo, ganhou uma reputação. Era de confiança. Um dia, foi procurado por um amigo com uma oferta de emprego. O salário era enorme.

– Por que eu? – quis saber.

– A posição é de muita responsabilidade – disse o amigo. – Recomendei você.

– Por quê?

– Pela sua descrição.

 

Subiu na vida. Dele se dizia que sabia tudo sobre todos, mas nunca abria a boca para falar de ninguém. Além de bem-informado, um gentleman. Até que recebeu um telefonema. Uma voz misteriosa que disse:

– Sei de tudo.

– Co- como?

– Sei de tudo.

– Tudo o quê?

– Você sabe.

Resolveu desaparecer. Mudou-se de cidade. Os amigos estranharam o seu desaparecimento repentino. Investigara. O que ele estaria tramando? Finalmente foi descoberto numa praia remota. Os vizinhos contam que a voz que uma noite vieram muitos carros e cercaram a casa. Várias pessoas entraram na casa. Ouviram-se gritos. Os vizinhos contam que mais se ouvia era a dele, gritando:

– Era brincadeira! Era brincadeira!

Foi descoberto de manhã, assassinado. O crime nunca foi desvendado. Mas as pessoas que o conheciam não têm dúvidas sobre o motivo.

Sabia demais.

 

(LUIS FERNANDO VERÍSSIMO)

Não exalte

tripMe disseram que não sou Homem de Palavra, que traí meus amigos e que supostamente eu distanciei quem me apoiava. Realmente algumas dessas palavras são verdades ao olhos de outrém como também são falácias em certos momentos. A verdade é que ninguém entenderá as ações de uma pessoa se não convivem com ela. O mundo sempre julga, pune, humilha e até crucifica sem conhecer ou saber o que anda acontecendo.
Como está escrito na bíblia “Pois quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado” – Lucas 18:14b.
Então eu tenho algumas palavras pra vocês: Não esquecem quem vocês são, e lembre sempre de quem estava ao seu lado nas horas ruins ou em momentos difíceis. Porque eu lembrarei desse momento quando estiver em bons momentos também.

Veja bem, a vida é um ciclo de bate e volta, o que você deseja, realmente acontece, se for bom ou ruim, e o que menospreza, também acontece, de um jeito bom ou ruim.
Marquem minhas palavras, vocês julgam demais, mas não são Deuses e nunca serão mais que meros seres humanos.

Porque não importa o seu sofrimento, o mundo só deseja ver o resultado. Ninguém preocupa se você está passando necessidades ou teve um dia ruim, mas todo mundo está lá pra parabenizar o seu sucesso ou criticar a sua derrota no fim.

A colheita está próxima, portanto reavaliem suas ações e pratiquem o bem, porque o plantio é opcional, mas a colheita meu colega, é obrigatória.

Sem julgamentos, sem inveja ou soberba, apenas lhes desejo boas escolhas na vida e um coração puro.

“Não amemos de palavras nem de língua, mas por ações e em verdade.”