Contos de uma noite sem dia.

Éramos 6, deixados pra dois, uma conversa a três, sobre 7 coisas que poderiam mundar o mundo. Foi então, no relento do subaco de alejado, que percebemos um cheiro anil das texturas diabéticas daquele doce mais doce que o doce de batata doce.

5 nações se juntaram para provar a existência do mundo. Uma tafera dificil e arduosa, já que tínhamos que enfretar os dilemas e divagações de cada um dos representantes. Fizeram um sorteio, seria escolhido um de cada nação, mas cada nação tinha 32 estados, e cada estado tinha 174 cidades. E todas as cidades tinha pelo menos 2 mil inscritos. E depois de 15 anos, conseguiu selecionar os 5 escolhidos das nações.

  1. Tosho Khado, o primeiro, era espantoso, supreso com a vida, mas ganhou por sua maestria nas artes ninjas e a dominação de quase todos os jutsus do mundo.
  2. Tim Habey, o segundo, era afoito, curioso, tinha o estopim curto, mas sabia conviver e se misturar bem, foi escolhido por sempre chegar primeiro em qualquer coisa. Tinha habilidade de chegar atrás das pessoas sem ser percebido.
  3. Maguilla, foi o terceiro, cearense, estudado nas linguas ocultas de vários países da Europa, falava ingles, belga, russo, latim e principalmente Francês, mas era cearense(sotaque parecido).
  4. Clawdety Comdáblio, a quarta participante, tinha 2,22 de altura, forte, bodybuild, e gostava de balé, sua especialidade era a culinária.
  5. Arroba, era o quinto, anão, mono-olho, sem um pé, com dentes de ouro, tinha uma rodinha no lugar do pé, parecia brinquedo da Hotweells, mas não errava um tiro, tinha característica de resolver os problemas na bala, ahh esqueci, ele era mudo também.

E assim começou a Odisséia para resolver a situação que estava por ocorrer.
Ninguém esperava que isso poderia acontecer…. e aconteceu…