Tente

tente

 

Tente.

Tente mais uma vez. Tente só por pirraça, só por vaidade, só por desencargo de coincidência. Tente só porque você sempre foi teimoso e vai ser novamente.

Tente.

Tente só porque tentar é sua única escolha, sua única saída, sua única opção. Isso. Tente por falta de opção.

Tente por esporte, por prazer, pelo risco. Tente só porque o não você já tem. Mas tente.

Um dia, esse tal cupido acerta a mira. Em algum momento, você acerta a prova (no conhecimento ou no chute mesmo). Uma hora, as coisas se encaixam. E você? E você percebe que a caixa é muito maior e muito mais bela do que você imagina.

Um dia, de tanto você cair na área, o juiz da vida marca um pênalti. E você faz o gol e vira o jogo. E aí? E aí, você entende que foi a sua queda prévia que o conduziu à vitória.

A aprovação em qualquer prova importante é difícil. Mas, sem tentar, a aprovação é impossível. Não tentar é reprovar-se por antecipação.

Dê mais uma chance ao seu projeto. Dê mais uma oportunidade àquilo que inquieta a sua alma. Por quê? Porque só a morte separa o corpo da alma. Ela sempre estará lá “incomodando” o seu corpo. É você instigando você.

Seja poeta. Escreva os versos da sua vida com emoção. Seja profeta. Profetize um futuro brilhante para você.

As palavras têm poder. Sempre tiveram. Sempre terão.

Uma semana de novas tentativas para todos nós!

Um texto Fantástico de Samer Agi(2014)

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s