Uma noite estranha..

Imagem

Não sei que horas era, era de madruga, de dia, ou de noite, não sei, simplesmente não sei !! PAAAAAARA! PAAAAARA! Não sei… Quando acordei estava nesta mesa muito gelada por sinal, parecendo que estava dentro da minha espinha, olhei ao redor e só tinha luz, muita luz, não conseguia enxergar nada e eu não conseguia me mexer direito, então ouviu uma voz do lado direito dizendo:
– ~çfãçsdãçsfoç~s~~pf~çsdçs~~~p   ~pfsãs~p~~ ´f[a´[dsofsdp fdçslk /fwerwe ]~´p] ]~f´]~~ç;~]  ~]çf]açsdfa]   ]ç~ç ??

Quando percebi era dois homenzinhos pequeninos com olhos super arregalados, eu vi que tinha uma sonda na minha barriga, a mesa estava em pé, uma dor de cabeça latejando esquisitamente e quando me viram acordado rapidamente os vultos começaram a me espetar com alguma coisa, fiquei assustado e comecei a sentir sonolência denovo.. Foi então NESTA HORA que ouvi um estrondo e de repente tudo começou a chacoalhar e abriu um buraco no teto e percebi que estávamos em  uma nave!

A força foi tão forte que a luz do fundo da sala apagou e eu consegui ver direito o recinto, e a galera começou a ser jogada pra fora da nave por causa da pressão do ar e eu percebi que o teto era o oceano, ou seja, estávamos de cabeça pra baixo dentro da nave, que loucura!! Aí foi sinistro, entrou pelo buraco 3 seres com vários braços e pernas, pareciam aranhas, mas estavam de preto, usando uma roupa preta, olhos gigantes também, mas cabeça mediana e vieram em minha direção, rapidamente me tiraram da maca(eu tava nu, completamente nu e erecto(deve ser o remédio, um calor fora do comum).) e colocaram um peixe no meu ouvido!!! RAPAIZ!! Achei que era o mochileiro das Galáxias, na versão PE-LA-DA! Mas foi sinistro!

É ISSO MESMO! Achei que era piada, mas o peixinho entrou e eu senti uma ardência como se tivesse entrando água no ouvido, aquela coceirinha sabe? pois é.. aí eu comecei a ter uma forte dor de cabeça mas eu conseguia entender o que eles estavam falando, e pensando também.

Foi quando o – “f]~pasdfd~pas f~]açs~p pfdasdf~]sp  çãsd]f~dfaspa~]spas~fs ]~fdspasdfãspdasf~pasd~fsdfps” virou :

– ” Clatoplos, kai in dom cóvá naguiste zá arc du ram!

E o outro: ” Nai nó nu ne níí chan tí, dü kátáa EeR kam Wee Bikam.”

Eles saíram da nave e eu vi uma forte luz, acho que era o sol, pois estava a arder a minha pele, e o ar estava muito rarefeito, custei respirar, ao olhar ao redor eu vi nada, não sei o que vi, não lembro direito, eu tento escrever o que eu vi, mas não sai em palavras! Eu TENTO mas não consigo, (I Can’t motherfucker!!”), era o … a… o … é… não sai! Sorry!

Então, foi sinistro, sem falar do frio, mas tinha uma bolha invisível nos protegendo, porque eu olhava e observava várias coisas batendo neste campo invisível e a gente atravessando as nuvens, rochas, larva, era tudo tão rápido, piscando, eu não tinha noção de onde tava, mas a gravidade era boa, não me deu crise de labirintite hora alguma.E de repente!! A …

Anúncios

2 respostas em “Uma noite estranha..

    • Sabe que eu me pergunto a mesma coisa!
      Às vezes fico divagando e quando percebo já tomei meu café.
      Estranho não?
      Tem pessoas que tem habilidades pra falar coisas sem Sentido.
      Veja bem, ontem mesmo o pão de queijo estava azul, sinal vermelho, tinha pão no céu? E morreu…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s