O lado certo da Vida certa

Image

Olá, bom dia! Boa Tarde e Boa Noite! Meu nome é comum, minhas atitudes nem tanto, meu jeito MUITO menos. Pois bem, a vida é assim, fazemos escolhas, sofremos as consequências de todas elas e o mundo não se preocupa com NADA que sua opinião possa valer.

“Na vida”, “Eu pensei assim..”, “Quando aconteceu comigo”, Nada disto interessa, nunca interessou, sabe porque? Porque o ser humano tem uma necessidade obsoleta de querer se explicar quando ninguém está a fim de ouvir.

Geralmente chamamos este dia de Dia ruim, ou para mulheres, de TPM, mas tanto faz, o resultado é o mesmo.

E a vida continua…

Alguém já leu o Pequeno Príncipe? Não? CARA! você não sabe o que está perdendo. E se leu, sabe o que está perdendo. Enfim, novamente sua opinião não interessa, mas agrega valores para alguém em algum lugar em algum planeta.

Pronto, este é o final feliz(Lembrando que a “felicidade” é um referencial.)

Anúncios

Como fazer um café?

Imagem

Primeiramente, você precisa escolher se vai coar com um coador de pano ou se vai coar com um filtro de papel descartável, que também pode ser usado na cafeteira elétrica (não estou falando de cafeteiras expresso, ok? É aquela baratinha, para coar o café da nossa maneira mais tradicional).

Coador de pano ou filtro de papel?

Vou te dar umas orientações para você tomar sua decisão.

O papel absorve os óleos essenciais do café, fazendo com que ele perca sabor e aroma ao ser filtrado. Já o coador de pano, por ter mais espaço entre os fios da sua trama do que o papel, permite que o café passe por ele sem que tanto dos seus óleos essenciais seja absorvido. Isso resulta em um café mais encorpado e oleoso, bem diferente daquele café brilhante e cristalino que você obtém coando num filtro de papel.

Paradoxalmente, o café passa mais rápido pelo filtro de papel, o que significa que ele será extraído por menos tempo. Traduzindo: o pó do café será menos aproveitado.

O coador de pano precisa ser lavado somente com água todas as vezes em que for usado e deve ser guardado em uma vasilha com água tampada, dentro da geladeira. Mesmo assim, precisa ser trocado todos os meses (isso se você for uma pessoa que faz café todos os dias. Se não, pode ficar com ele por um pouco mais de tempo. Eu disse “um pouco”!).

O filtro de papel é descartável e tem mesmo que ser jogado fora após ser usado. Dependendo de quantas vezes você faz café por dia, ele pode ser menos econômico do que o filtro de pano, apesar de ser barato.

Veja aqui no site do Pão de Açúcar o preço de cada tipo de coador. Faça as contas e veja qual tem um melhor custo x benefício para você. Vai servir como referência, mas no supermercado que você frequenta os preços podem variar um pouco.

O filtro de papel precisa ser comprado conforme o tamanho do seu suporte. Se não tiver nada disso em casa ainda, vá ao mercado, escolha um suporte (vai estar tudo na mesma seção), veja o número dele na embalagem e, a partir daí, só compre filtros do mesmo número. Se já tiver uma cafeteira e quiser usá-la, o suporte, no caso, seria o compartimento onde se coloca o filtro de papel.

O coador de pano também é fácil de encontrar em supermercados. Para ele, você também precisa ter um suporte, só que diferente (também chamado de “porta-coador de pano“). Ele é vendido em lojas de utilidades domésticas. Os mais simples são bem baratos e dão conta do recado.

Sempre que comprar um coador de pano novo, será preciso colocá-lo em uma panela com água e café ferventes para que ele seja curtido. Isso é necessário para tirar o gosto de pano e para que ele absorva os óleos essenciais do café.

Simples assim: água em uma quantidade que cubra o coador, uma colher bem cheia de café e deixe ferver. Mergulhe o coador lá e deixe por uns minutinhos. Retire, lave e guarde na vasilha com água na geladeira (ou aproveite e vá logo coar um cafezinho).

Coador escolhido, vamos ao preparo do café.

Em qualquer um dos casos, tenha em mente essas dicas:

– A água precisa ser sempre filtrada ou mineral. Se puder ser mineral, perfeito!

– O café pronto tem validade e é mais ou menos 1 hora – mesmo armazenado na garrafa térmica. Depois desse tempo, ele começa a oxidar e fica amargo. Aí você já entendeu: não faça 1 litro de café para ir tomando durante todo o dia (muitíssimo comum, todo mundo faz isso). O ideal é coar pequenas quantidades, sempre que for tomar seu cafezinho.

– Nunca misture café velho com café novo e não reutilize o pó que fica pra trás após a filtragem (chamamos “borra” ou “café esgotado”). Isso vai fazer com que o café novo fique amargo e, dizem, faz mal à saúde.

– Café torrado e moído há menos tempo é sempre melhor. Veja a data de fabricação na hora de comprar e escolha o mais “jovem”.

– O pó de café estraga com facilidade, em função de umidade, do contato com o ar, do calor, de outros odores e do próprio tempo que passa e não perdoa ninguém. Por isso, após abrir o pacote do seu pó de café, guarde-o em um recipiente hermeticamente fechado, escuro, que não passe luz ou odores, dentro da geladeira – ela ajuda a conservar melhor as propriedades do café. Se você seguir as orientações, ele vai durar em torno de 1 mês (se resolver guardar no próprio pacote mesmo, “bem amarradinho”, ele não vai estar tão bem protegido e vai se deteriorar mais rápido).

Algumas cafeterias vendem latas para guardar o café na geladeira. São uma boa opção! Não precisa ser a lata da cafeteria, qualquer outra que feche bem será apropriada.

– Não guarde o café novo com o resto do café antigo. Regra: cafés novos sempre devem ficar separados de cafés velhos, em qualquer situação!

– Quando o pó fica escuro, é porque está se deteriorando. Jogue-o fora e compre outro.

– Nunca coloque açúcar na água que vai passar pelo café, deixe sempre para adoçar no final. Também não guarde café adoçado na garrafa térmica. Isso vai fazer seu café ficar com um gosto alterado. (Aliás, você já aprendeu como fazer torrões de açúcar? É tão fácil e tão charmoso!)

cafe torrao acucar Como fazer café com coador ou na cafeteira

– Tenha uma garrafa térmica só para o café. Odores diferentes também podem interferir no sabor da sua bebida, mesmo que você não esteja sentindo cheiro de nada diferente dentro dela. Além do odor, outras bebidas podem também acabar deixando resíduos presos no interior da garrafa.

– Sim, é de suma importância lavar muito bem a garrafa. A regra é clara: café velho e café novo não se misturam, em hipótese alguma.

– Independente de qual for a maneira que você vai coar seu café, escalde o bule ou a garrafa térmica (se for utilizá-la) e as xícaras. “Escaldar” é colocar água fervente. Encha tudo com água fervente e deixe lá escaldando, até quando for utilizar as peças. Isso vai fazer com que os recipientes fiquem com uma temperatura alta, evitando uma grande troca de calor com o café (lembra das aulas de física?) e deixando sua bebida com uma temperatura constante e um sabor destacado.

Como estamos falando de altas temperaturas, você já deve ter percebido que nada disso que você vai escaldar e colocar o café em seguida pode ser de plástico, né? O ideal é que você use sempre xícaras e bule de porcelana.

Retirado do (http://socorronacozinha.com.br/como-fazer-cafe-coador-cafeteira)

Pisciano!

Imagem
Existem dois tipos de peixes: Aqueles que nadam para cima e aqueles que nadam para baixo.
E se você for um pisciano, reze para nadar para cima, porque com certeza, sua vida será bem mais fácil e animada…
Peixes é um signo místico, é o signo do desapego, da espiritualidade, dizem até que quem é de peixes, será a última vez que vem ao mundo, porque é a ultima encarnação:
Traduzindo: Este é o signo da’ viagem’, colega.
Eles têm um mundo interno, cheio de fantasias em todos os planos e quando a coisa não está boa (quase sempre), eles nadam para lá, e não há quem os tire.
Se o pisciano souber canalizar sua incrível intuição e sua sensibilidade, ele consegue captar o que está em volta e com isto, sentir o ambiente, se adaptar e crescer e fazer a diferença.
Porque quando um pisciano resolve ser brilhante, colega, detona até o mais animado leonino. Mas o problema é quando resolve…e se resolve…
Como é um signo que se sacrifica numa boa pelos outros, às vezes o pisciano esquece- se dele mesmo e lá se vai a vida própria.
É o signo do povo da noite, do lado b, daquilo que destrói.
Peixes deve evitar ao máximo o álcool, as drogas e a prostituição ou seja, tudo que traz o alívio momentâneo para as dores do dia a dia.
Muitos artistas plásticos são piscianos. Muitas pessoas que trabalham com música são piscianas. Trabalhos mais ‘para dentro’ são perfeitos para eles.
Os homens deste signo, tem certa fragilidade que a mulherada com síndrome de mãe não resiste, levam para casa e quando vêm, estão sustentando um marmanjo de 40 anos, que tenta debilmente ser um novo escultor.
É colega, cuidado, se um pisciano te pega em uma época carente, lascou-se. Você fará tudo pro ele.
E como chora este signo, aff… Chora e se sacrifica pela família e adota crianças e faz o trabalho dos outros e toma na cabeça, mas não aprende.
Não sabe dizer não.
Não sabe dizer não.
Não sabe dizer não.
Não sabe dizer não.
E só para reforçar…
Não sabe dizer não.
E dando um toque, o pisciano, tem que ter um caderno em casa e ele deveria escrever 100 vezes ao dia: Devo aprender a dizer não…
A criatividade deles é incrível, então criam heróis, situações loucas, nuvens laranjas, sóis azuis e lagos cor de ouro… É bem lisérgico.
A mulherada deste signo, de uma feminilidade extrema, consegue seduzir com o doce olhar e tem um aspecto de donzelas… Arianos e leoninos, que adoram uma gueixa-donzela-princesa, são os primeiros a serem fisgados por estas moças de olhar sereno e quadril sem vergonha.
Porque a pisciana, colega, adora um ‘vucocvuco’. São amantes perfeitas. Com aquele olhar de songa monga, elas vão longe…
Até para a Europa. E reclamam da vida, viu?
Porque adoram se sentir vítimas da situação, da vida, do contador, de você do filho que ainda não nasceu.
Adoram sofrer…
E amam misticismo: Astrologia, mãe de santo, tarô, borra do café, do cappuccino, amam budismo, cartas, enfim, amam uma macumbinha colega.
Ou também são rezadeiros ao extremo. São chegados em velas.
Pecado e religião.
Culpa e castigo
Carne e alma.
Pão e vinho.
Ah, eu não tenho paciência.
Piscianos… Cuidem do psicológico e da cabeça…
São propensos á depressão.

 

Retirado do “O ladro Negro dos Signos

What Does The Fox Say?

http://www.youtube.com/watch?v=jofNR_WkoCE

Imagem

Dog goes woof
Cat goes meow
Bird goes tweet
And mouse goes squeek

Cow goes moo
Frog goes croak
And the elephant goes toot

Ducks say quack
And fish go blub
And the seal goes ow ow ow

But there’s one sound
That no one knows
What does the fox say?

Ring-ding-ding-ding-dingeringeding!
Gering-ding-ding-ding-dingeringeding!
Gering-ding-ding-ding-dingeringeding!
What the fox say?

Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
Wa-pa-pa-pa-pa-pa-pow!
What the fox say?

Hatee-hatee-hatee-ho!
Hatee-hatee-hatee-ho!
Hatee-hatee-hatee-ho!
What the fox say?

Joff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
Tchoff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
Joff-tchoff-tchoffo-tchoffo-tchoff!
What the fox say?

Big blue eyes
Pointy nose
Chasing mice
And digging holes

Tiny paws
Up the hill
Suddenly you’re standing still

Your fur is red
So beautiful
Like an angel in disguise

But if you meet
A friendly horse
Will you communicate by
Mo-o-o-o-orse?
Mo-o-o-o-orse?
Mo-o-o-o-orse?

How will you speak to that
Ho-o-o-o-orse?
Ho-o-o-o-orse?
Ho-o-o-o-orse?
What does the fox say?

Jacha-chacha-chacha-chow!
Chacha-chacha-chacha-chow!
Chacha-chacha-chacha-chow!
What the fox say?

Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
Fraka-kaka-kaka-kaka-kow!
What the fox say?

A-hee-ahee ha-hee!
A-hee-ahee ha-hee!
A-hee-ahee ha-hee!
What the fox say?

A-oo-oo-oo-ooo!
Woo-oo-oo-ooo!
What does the fox say?

The secret of the fox
Ancient mystery
Somewhere deep in the woods
I know you’re hiding
What is your sound?
Will we ever know?
Will always be a mystery
What do you say?

You’re my guardian angel
Hiding in the woods
What is your sound?

(Fox sings)
Wa-wa-way-do wub-wid-bid-dum-way-do wa-wa-way-do

Will we ever know?

(Fox sings)
Bay-budabud-dum-bam

I want to…

(Fox sings)
Mama-dum-day-do

I want to…
I want to know!

(Fox sings)
Abay-ba-da bum-bum bay-do

Alma perfumada

Imagem

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta. De sol quando acorda. De flor quando ri. Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda. Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça. Lambuzando o queixo de sorvete. Melando os dedos com algodão doce da cor mais doce que tem pra escolher.Ao lado delas, o tempo é outro. E a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas que a gente desaprende de ver. Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra…

Loucura

Image

A loucura tem sido percebida de diferentes formas ao longo da história. Se na Antiguidade foi concebida como manifestação divina e na Idade média como resultante de possessões demoníacas, no Século XVIII ganha status de doença mental, passando a exigir mecanismos segregadores e excludentes de tratamento, culminando com o surgimento do hospital psiquiátrico. Somente após a II Guerra Mundial é que podemos observar movimentos que tentaram reformular as práticas dominantes e oferecer uma nova perspectiva de tratamento ao transtorno mental.

Nesse contexto destaca-se a Psiquiatria Democrática Italiana, que influenciou de forma decisiva a Reforma Psiquiátrica Brasileira. No Brasil o movimento em busca de uma reestruturação do atendimento em Saúde Mental inicia-se a partir da década de 70, onde constatamos o surgimento de inúmeros serviços substitutivos como os CAPS e de outros dispositivos tais como as Residências Terapêuticas, o Programa de Volta pra Casa e outros, que têm como objetivos promover a autonomia e o resgate da cidadania do portador de transtorno mental. Em Campina Grande o movimento da Reforma Psiquiátrica ganhou ênfase a partir da Intervenção Federal decretada num dos hospitais psiquiátricos da cidade, culminando no seu descrendenciamento do SUS, no seu fechamento e no fortalecimento de uma rede substitutiva de Saúde Mental. Neste trabalho realiza-se um estudo sobre a concepção dos usuários e familiares acerca de conceitos como cidadania e saúde mental, destacando-se alguns temas como participação familiar, atendimento oferecido no CAPS, caracterização do hospital psiquiátrico e o estigma e preconceito que cercam a doença mental. Foram entrevistados para esta pesquisa 15 usuários e 15 familiares de um CAPS-Centro de Atenção Psicossocial de Campina Grande-PB.

O material resultante das entrevistas, gerado a partir de um roteiro de entrevista semi-estruturada, foi gravado e transcrito na íntegra e analisado com base nos pressupostos da Psicologia Social Discursiva. No que se refere às discussões dos resultados podemos evidenciar que dentre as explicações dadas pelos entrevistados sobre o transtorno mental destacam-se as causas biológicas, psicossociais, sócio-econômicas e psicológicas.

Ao conceituar o transtorno mental foi marcante no discurso dos entrevistados a descrição da sintomatologia da doença e das situações de crise. A importância da participação familiar também foi mencionada pelos entrevistados ao avaliarem a norma de funcionamento do CAPS que exige a participação no Grupo de família.

De suma importância foram os relatos dos entrevistados sobre o atendimento no CAPS e suas caracterizações sobre o tratamento oferecido no hospital psiquiátrico, onde na totalidade da amostra o CAPS teve uma avaliação positiva do funcionamento e aspectos tais como medicação excessiva e isolamento familiar foram citados sobre a internação psiquiátrica. No que se refere à cidadania ressaltamos que para grande parte dos entrevistados este conceito está atrelado à aquisição de documentos e ao ato de votar, destacando–se em seguida a concepção da cidadania ligada à ações de solidariedade e auxílio a os necessitados, ao direito de ser atendido num serviço de saúde,sendo marcantes os discursos que abordam o preconceito e estigma dos quais os portadores de transtornos mentais são alvos.

Retirado( PALAVRAS-CHAVE: Discurso, Saúde Mental, Reforma Psiquiátrica)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
MESTRADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE COLETIVA
(Lívia Sales Cirilo)

Minhas musas casaram….

Image

É uma questão ideológica o que cada pessoa define como objetivo na vida. Tem pessoas que preferem estudar a vida inteira e seguir uma carreira de sucesso ocasionando a felicidade suprema. Outras por exemplo, gastam este mesmo tempo e disponibilidade para viajar pelo mundo em busca de um sucesso interior, que por conseguinte lhe acarretam a felicidade suprema também. Outras simplesmente não fazem NADA, esperam a “oportunidade perfeita” e padecem até o fim da vida(este destino particularmente não desejo a ninguém), tenho amigos assim, lamentável.

Enfim, escolhas são o que define o seu dia a dia, o que fez no passado, presente e fará no futuro. Todo homem tem uma mulher em que ele espelha seu futuro. Mesmo o mais machista, sempre há uma dentre tantas, milhares, que ele deseja ter um futuro. Na verdade todo o homem tem várias musas. Eu não estou falando da MUSA do Atlético, ou do Cruzeiro ou da MUSA do fluminense (essa eu conheço e é bela!), mas estou dizendo no significado pessoal da palavra. Musa é uma figura feminina da mitologia grega, fonte de inspiração nas artes ou ciências. O significado de musa tornou-se abrangente sendo utilizada no sentido figurado para designar a mulher amada ou aquela que traz inspiração seja na pintura, na poesia ou outras formas de expressão cultural. Então se a mulher for musa e MUSA e estiver em sintonia contigo, PQP CARA! CASA com ela RÁPIDO!!

A musa em meu significado é aquela mulher que você tem vários atributos e combinações na medida perfeita que fazem qualquer homem desejá-la imensuravelmente sem se preocupar com o resto do mundo. Vou exemplificar o significado da palavra,quando a mulher é bonita mas falta aquele pequeno detalhe que chamamos de “química“, e não dá certo, ela não será sua musa. Musa está mais para o “amor Perfeito“, não que existe tal coisa, mas chega a 98% da quase perfeição conjugal. Sabe aquela amiga que você tem que tudo dá certo? Quando você conversa se sente bem, a química nas palavras, a presença irradiante, que mesmo se um dos dois estiver com problemas, por aquele momento tudo some? Cuidado! Ela pode ser sua musa. Mas o problema é que geralmente todas as suas caras metades que existem no mundo estão namorando, ou noivando. Às vezes o companheiro dela é uma ótima pessoa, às vezes não.  A lei de Murphy sempre está vencendo o mundo de hoje, a teoria é concisa e verdadeira. Estudos comprovaram que dentre as 6 bilhões de pessoas que existem no mundo, existem 10 mil que você teria a chance de casar depois do primeiro encontro e 17 mil pessoas que lhe desejariam ao primeiro olhar. Isso é FATO, mas na prática meu amigo nunca é assim. Acho que as 27 mil pessoas apaixonadas por mim moram na Ásia, na Europa, no Brasil deve ter no máximo umas 200, que também moram lá no Xingu ou no Acre, ou no Sul, mas no Goiás não tem ninguém. Musa também não entra somente no conceito do “casamento”, pode ser também aquela Garota que sua química bate TÃO intensamente que cada momento é digno de uma lembrança interminável. Aquele mesmo sentimento que você tem quando ganha na Mega-Sena, ou recebe uma promoção inesperada só que multiplicada por 100 vezes! Não há como descrever este sentimento.

Não se trata somente de amor, amizade ou beleza, é caracterizada por princípios, como Sinceridade, simplicidade, confiança. Você descobre que tem uma musa, quando você não teme ou desconfia da pessoa, mesmo conhecendo-a pouco. Em outras culturas isso é chamado de Alma gêmea, de “A metade da sua laranja”.

Se você for um limão azedo e daí !? Sempre terá sua metade, sempre. A diferença é que alguns há acham rapidamente, outros demoram a vida inteira pra encontrar, e alguns nem encontram… É por isso que vejo nas redes sociais relacionamentos durarem dias, semanas, começam a namorar AGORA, daqui à 2 meses não deram mais certo, é porque estão buscando princípios errados. Geralmente impunham a sociedade como pilar principal:

– “Ahh, o fulano é gente boa, o pai dele é dono de não sei o que”,

– “Ah.. o fulano é simpático, sempre me compra presente”,

– “O ciclano é gente boa, tem um carro bom”.

E assim o mundo que você planta, o Destino faz a colheita sem dó e sem choro.

Minhas musas casaram. Tive e não tive oportunidades de desfrutar momentos assim, não foram ruins, mas podiam ter sido melhores. Não sei qual o propósito para esta falta de compromisso que o destino de cada um deixa bem nítido no cotidiano. Mas eu sei que este mesmo destino proporciona algo bom para as minhas musas. Afinal, não é só porque não está comigo que necessariamente não tem que de ser feliz.

Como dizia o escritor Nicholas Spark : “Amor quer dizer que você se importa mais com a felicidade da outra pessoa do que a sua própria. Não importa o quão dolorosas sejam as escolhas que você tiver que enfrentar.”

E assim a vida continua, e as Musas continuam casando… Mas não se esqueça que para se ter uma musa, primeiramente você tem que ter amor próprio.

Image

Musas famosas: Giselle Bündchen, Camila Pitanga, até a garotinha do sítio do pica pau amarelo,Michelle Pfeiffer, Candice Swanepoel dentre outras..