O sinais da mentira

Imagem

Estudo realizado por Robert Feldman, professor de psicologia da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, aponta que uma pessoa conta três mentiras a cada dez minutos. O autor do livro “Quem é o mentiroso da sua vida?” explica que recorrer a inverdades é um costume e também uma maneira de manter o bom convívio em sociedade.

Mas mentir sempre também pode ser um vício que prejudica o próximo, dependendo do fato ou situação que está sendo distorida com a mentira.

O especialista em segurança eletrônica e autor do livro “Mentira – um rosto de muitas faces”, Wanderson Castilho, estudou como “ler” os sinais da mentira. O profissional ensina que para reconhecer a mentira é preciso entender o comportamento padrão da pessoa, para captar pequenos movimentos do rosto (micro expressões faciais), no corpo e nas variações do tom da voz.
Para ajudar a identificar um mentiroso, o profissional dá 8 dicas simples:

1) Lábios: morder ou lamber os lábios pode ser uma forte pista de que o interlocutor está dissimulando a verdade.

2) Voz: o mentiroso fica com as cordas vocais mais esticadas. A voz fica mais fina e fraca. Para compensar, a pessoa tenta falar mais alto.

3) Olhar: o mentiroso desvia o olhar enquanto conta a sua mentira e depois olha atentamente para se certificar que convenceu.

4) Secura: por causa de uma reação da adrenalina, o mentiroso fica com a garganta e boca secas. Por isso é comum que se engasgue ou engola seco.

5) Tapar parcialmente a boca: em gestos rápidos mostra uma vontade de amordaçar-se. Exprime, assim, um conflito: uma parte do mentiroso não quer se calar e, sim, continuar com a sua mentira.

6) Tocar o nariz: em momentos de tensão a sensibilidade da mucosa nasal aumenta. O nariz coça.

7) Ombro: erguer levemente um dos ombros também é um sinal instintivo.

8) Expressão facial falseada: quando somos verdadeiros, usamos os músculos faciais certos para expressar uma emoção. Num sorriso falso, não aparecem os pés de galinha, as bochechas não são levantadas e os olhos ficam menos apertados. É diferente de um sorriso real, quando mais músculos são utilizados e a pálpebra superior dobra-se um pouco sobre os olhos.

(retirado do PapoDeHomeM)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s