A meia Verdade!

Imagem

O ser humano é engraçado. Um dia está feliz, outro dia está triste, um dia diz que sim, na mesma hora muita pra talvez, ops… isso é TPM, vamos voltar ao assunto.

A capacidade de escolha de cada terráqueo se dá baseado na lógica de um tal “livre arbítrio”, mas desde pequeninos somos forçados a aprender o que nossos ancestrais transmitiam, o que achavam que era correto.

MAS, o “correto” é só questão de alternativa. Por exemplo, na nossa cultura, comer carne bovina é algo fundamental para o crescimento e o metabolismo do corpo, já na Índia a vaca é sagrada, como o cachorro aqui, aqui não comemos cachorro, são bichinhos bonintinhos, lindos, fofinhos, blá blá blá que pode ficar dentro de casa, como as vacas ficam lá na índia. Se eu fosse uma vaca, eu queria morar lá, ou em um bordel que pagasse bem né, porque com esta infração aumentando, tudo está muito caro!
Enfim, o objetivo deste post de hoje(um dia belo como todos os outros dias), é de mostrar que a maioria das pessoas não são felizes… elas colocam uma máscara de personalidade momentânea e passam pra sociedade uma outra realidade.
Às vezes estão tristes, mas fingem que estão felizes para agradar outrem, isso é outro nome, se chama complacência… é uma arte de respeitar alguém sem machucá-la, mas não deixa de ser uma falsidade.  O mundo mudou muito, muitos conceitos estão diferentes, um sim é não pra alguns, talvez é não para outros, O preto é branco, tecnologias que não eram possíveis a 20 anos atrás hoje são comuns…. e o mundo continua mudando… transformando idéias, reciclando pensamentos, alterando pessoas, criando novas personalidades.

O que realmente quero dizer é que não somos sempre felizes, mas sempre que puder mascarar uma felicidade para mostrar ao mundo que você está bem, isso é errado! Seja você mesmo.. sempre… por mais que isso ponha amizades intermináveis em estado de latência. É melhor estar bem consigo mesmo na terra, do que no caixão.

Escolha sua máscara, guarde-a numa caixa, e sempre que puder, olhe-a para que você veja o quão forte é a ponto de nunca querer usá-la. A vida é algo antigo, mas viver é sempre novo!

Anúncios

Saia da Janela

Nota

Imagem

Olhando pela janela, passeando entre a brisa e algumas gotas do orvalho, você percebe que o tempo é algo extritamente valioso. A juventude não é uma fase da vida, mas um dos estados de espírito do ser humano. Crianças, jovens, adultos, uma mistura de sabedoria, barro e algumas idéias. Vejo jovens que não permitem a vida. Vejo jovens que não sabem o que é ser jovem.

Jovens que não se permitem viver com todas as letras, se tornam pequenos adultos de roupa social.

E são esses adultos o pequeno futuro não planejado. O que o pensamento cria, o desejo atrai e a fé realiza, a atitude pôe em realização.

Pare de olhar o mundo por uma janela. Atravesse-a sem hesitar, mesmo que o pavor e o medo dominem suas escolhas. Viver na janela não é nada bom…

Você é feliz?

Imagem

Vejo por aí, meninas, mulheres que trocam a felicidade verdadeira por momentos de luxúria. Fazem da vida um ciclo vicioso de troca de favores e deixam de serem felizes. São tantos casais que vejo por aí, “aquele amor” para a sociedade, mas por dentro são vazios. Fingem pra sociedade que estão felizes, e 2, 4 meses depois, ou até mesmo se estagnam em relacionamento de ANOS, e  terminam o que eles diziam ser “amor pra toda a vida”, porque?

É simples, hoje o mundo está mudado, pessoas não valorizam sentimentos, valorizam status, querem estar nas melhores festas, nos melhores lugares, com status. As mulheres procuram o cara que tem o melhor carro, o mais festeiro, o que pega todas, e acham que estar com eles faz delas melhores pessoas. Esquecem que beleza acaba, o caráter não. Já vi mulheres lindas, perfeitas se tornarem objetos de puro prazer e luxúria, vazias, totalmente vazias, reclamando da vida, porque não são felizes, SORRIEM pra sociedade, mas não são felizes. Mulheres que não dão valor ou caráter que têm. Umas nascem bonitas, outras se tornam com o tempo, mas o dinheiro, a cobiça sobe a cabeça, dizem que não importam com dinheiro, com jóias e com nada, mas no final de semana, nas baladas que existem por aí, estão sempre com os mesmos caras, curtindo as mesmas músicas. Na outra semana estão namorando os mesmos caras, vivem uma semana, 3 meses de amor eterno, as vezes até anos de “romance” feliz, mas se você for dentro deste relacionamento, não há nada.

Existem mulheres que não são assim, nunca foram, e não conseguem ser. Na mesma medida que há homens assim também.
Existem dois tipos de pessoas, e dois tipos de namoro.

Primeiro irei falar de pessoas. Existem pessoas que amam a si próprio, e não precisa de mais nada, essas pessoas são aquelas que são sinceras, que buscam em um relacionamento algo que as completa em detalhes, não em seus ideais. São as pessoas que são mais felizes, pois elas já têm uma definição de vida, de pensamento, elas não procuram satisfação social em outrem. São completas, namoram pelas coisas sentimentais, não pelas coisas materiais.

E existem aquelas pessoas que amam as coisas materiais, acima de si próprio, ou seja, para estarem felizes, tem que terem as melhores coisas mundanas, os melhores perfumes, estarem nas melhores festas, essa pessoa meu amigo… só lamento em dizer, felicidade é algo que está bem longe deste patamar. E isso so tende a piorar, porque geralmente são pessoas que namoram por status, pois o parceiro leva somente nos lugares chiques, dão os melhores presentes, e a outra pessoa acomoda, vive uma vida de luxo que não tinha, e entra em estado de latência emocional. Às vezes até conhece o amor da vida dela, mas não consegue suprir pois ser feliz não é mais opção, ela quer ser feliz com Status. Trai o namorado varias vezes com quem tem afinidade, para que possa sentir aquele sentimento que ja está perdido a muito tempo, mas não consegue largar.

Geralmente essas pessoas esquecem da beleza, mesmo sendo bonitas, e sua personalidade as tornam feias, arrogantes, vazias. Se tornam geralmente os velhos putões, e as mulheres , coroas que procuram viver a vida que não tiveram. Por isso você vê por aí, aquele povo da 3º idade pagando de “gatinhos”, querendo viver a vida que naõ tiveram.. só que já é tarde demais..

O tempo não volta companheiro, nunca voltará e só dão valor quando já é tarde demais.

Não faça da sua vida um jogo, onde não há peças substituíveis, faça da sua vida uma aventura sempre a ser explorada. Redescubra o amor em cada passo desta jornada, trace a felicidade como ideologia de vida, e não como opção, e só assim começará a ser feliz, mudando suas rotinas, alterando seu destino. Porque puta não quer concorrente, e muito menos cafetão.

Amor Profundo

Imagem

Hmmm, pois bem, paixões existem muitas.
Especulações sexuais aos milhares.
Imaginações sobre o futuro perfeito também.
Mas a experiência de Amor profundo é rara. Costuma acontecer uma só vez na vida.
O Amor profundo é como um anjo que paira sobre sua vida e alcança você das raízes de seus medos, fragilidades e farsas passando pelos seus comportamentos confusos, pensamentos ambíguos e sentimentos contraditórios até atingir o topo de sua realização mais altas, virtudes essenciais e visões transcendentes da vida.
O Amor verdadeiro conhece vc por inteiro por dentro e por fora.

Qdo esse amor passa por vc é comum sentir aquele frio na espinha q traduzimos como arrepio. Mas essa sensação vem acompanhada de algo como se conhecêssemos a outra pessoa de tempos longínquos.

De antemão sabemos que teremos uma ligação profunda, como um reencontro de almas.

Você pode resistir, se debater, fugir, espernear, mas esse Amor virá de ond estiver para onde for atrás de vc.

Esse amor te desorganiza, desestabiliza, não te permite jogos, forças de vaidade e não resiste a nenhum artifício social.

Você tem vontade de fugir, de chorar, de gritar, de sorrir e abraçar, porque sabe que encontrou uma parte d si que estava vagando por aí. Sente que algo que estava esparramado dentro de você ganhou forma, finalmente.

O ar oscila, oras falta pela ausência presente e oras sobra pela presença ausente.

É como caminhar nas nuvens com os pés no chão.

Se você ainda naõ foi tocado por essa sensação de “muitos anos de vida” ainda é tempo.

O amor pode estar mais perto de você se deixar q seu coração se fragilize e perca o medo de se arriscar.

Ah! Escolhas

Imagem

Saboreando oportunidades, e desgutando escolhas… Assim é a vida! Ontem foi um grande passo em sua vida, escolhas fazem de nós seres melhores. A oportunidade de desfrutar os prazeres que a vida nos propôe recae diretamente proporcional a maneira como lidamos com as situações adversas da vida.

Um futuro novo é descoberto a cada manhã, um pensamento avulso pode se tornar um novo caminho em seu destino, e isso será o que irá lhe definir em algum momento da sua existência. Ninguém nunca disse que o caminho seria fácil, ou simplismente aconteceria conforme sonhamos todos os dias, mas temos que aproveitar cada segundo e cada momento de oportunidades que nos é concebida.

Veja bem, são momentos, e detalhes que nos marcam por toda a vida, é um sorriso bobo, um corte de cabelo diferente, um sorriso estridente, pacificador, uma emoção alheia, enfim, são os detalhes que nos define. Somo felizes não por fazermos escolhas todos os dias, mas por sermos consequências delas.

Estar bem nem sempre é ser feliz, atualmente eu estou muito bem, caminhando para o Feliz, mas as vezes estar bem é o melhor caminho, felicidade não é um sentimento, é um estado de espirito,  Dalai lama  dizia que se seus sonhos estiverem nas nuvens, você não devia se preocupar, pois eles estão no lugar certo, agora construa os alicerces, nada mais…

Construí-los não é difícil, muito menos fácil, mas é lógico pois se o seu coração é absoluto e sincero, você naturalmente se sente satisfeito e confiante, não tem nenhuma razão para sentir medo dos outros.

É fácil amar os que estão longe. Mas nem sempre é fácil amar os que vivem ao nosso lado. O amor da sua vida não é aquele que você vive anos, é algo a mais, pessoas passam a vida inteira sem encontrá-los, outras encontram- o cedo demais, faz parte da vida, você nunca saberá o amor da sua vida até se perdê-lo nele. Dizem que é um sentimento único, uma nostalgia eterna do presente, futuro, passado, é único. Desistir ou deixá-lo seguir são atos honrados de coragem, porque tudo continua em sua vida, o torna livre. Sinta-se livre, e sentirá a vida novamente fluir entre suas escolhas.
Madre Tereza disse uma vez: “As palavras de amizade e conforto podem ser curtas e sucintas, mas o seu eco é infindável.”

Seja livre para sentir o sopro da vida a cada segundo! Sempre, vida é…. vida é algo imensurável. Aproveite.

Não há descoberta sem Violência

Imagem

Devemos a quase totalidade das nossas descobertas às nossas violências, à exacerbação do nosso desequilíbrio. Mesmo Deus, na medida em que nos intriga, não é no mais íntimo de nós que o discernimos, mas antes no limite exterior da nossa febre, no ponto preciso em que, confrontando-se a nossa ira com a sua, se produz um choque, um encontro tão ruinoso para Ele como para nós.

Ferido pela maldição que se liga aos actos, o violento só força a sua natureza, só se ultrapassa a si próprio, para a ela regressar, furioso e agressor, seguido pelas suas empresas, que o punem por as ter feito nascer. Não há obra que não se volte contra o seu autor: o poema esmagará o poeta, o sistema o filósofo, o acontecimento o homem de ação. Destrói-se quem, respondendo à sua vocação e cumprindo-a, se agita no interior da história; apenas se salva aquele que sacrifica dons e talentos para, desprendido da sua qualidade de homem, poder repousar no ser.

Se aspiro a uma carreira metafísica, não posso por preço algum conservar a minha identidade: terei de liquidar o menor resíduo que dela possa guardar; se, pelo contrário, escolho a aventura de um papel histórico, a tarefa que me cabe é a de exasperar as minhas faculdades até explodir eu próprio com elas. Parece-se sempre pelo eu que se assume: ter um nome é reivindicar um modo preciso de ruína. 

Olho de outrem!

Imagem

A dinastia Han foi notável por sua aptidão militar. O império expandiu-se para o oeste à bacia de Tarim (na região autónoma moderna de Xinjiang-Uyghur), com expedições militares para o oeste, assim como além-mar Cáspio, tornando possível o tráfego mercantil através da Ásia central, desenvolvendo o comércio inclusive com os romanos. Os trajetos do tráfego vieram à ser conhecidos como “a estrada de seda” porque a rota foi usada para exportar a seda chinesa. Os exércitos chineses também invadiram e anexaram partes da Coreia setentrional (Wiman Joseon) (assim como o estabelecimento de colônias) e Vietnã do norte para no final do século II d.C.. As beiras perto dos territórios periféricos eram frequentemente tensas por possíveis conflitos com outros estados. Para assegurar a paz com os poderes não-Chineses, a corte de Han desenvolveu “um sistema mutuamente tributário benéfico”. Foi permitido aos estados não-chineses permanecer autônomos em troca da aceitação simbólica da autoridade de Han. Os laços tributários foram confirmados e reforçados.
Então podemos admitir que certas doutrinas nunca mudam. Em relação ao destino, o mundo sempre esteve em guerra, independente de qual que fosse, mas as mudanças sempre foram necessárias.

Por outro lado a sociedade nunca inquietou com o Anonimato, são tantas desgraças que ocorrem no mundo que há sempre alguém para se titular o malfeitor.
É verdade! sempre haverá alguém para se fazer o papel de mau. O mundo está assim, sempre será assim, e continuará na mesmice do dia a dia.

Pense positivo, a mudança vem de dentro sempre, nunca de fora.