Presente Obsoleto

Imagem

Ele nasceu há centenas de anos. Como todos da nossa espécie, ele foi criado em laboratório, através do material genético de um doador designado. Era um processo que começou gerações antes, em 20 de Fevereiro de 2188, com a descoberta de um cientista em Boom, Bélgica, que tentava achar meios de melhorar a inteligência humana. Ele percebeu que se pudesse religar a porção do cérebro humano que induz a inveja, ele aumentaria a função cognitiva, sacrificando emoções por inteligência. Esta descoberta foi o catalisador da criação dos seres que vocês chamam de “Iluminados”. Seu trabalho continuou, e mais e mais emoções eram vistas como obstáculos para o objetivo.

Coisas como raiva, ganância, agressão, elas foram deixadas de lado pela busca da inteligência. E então, a humanidade se tornou tão inteligente e eficiente que perderam a perspectiva do valor dessas emoções…. não só das negativas, mas das positivas também. E logo empatia, compaixão e amor…tornaram-se distrações bagunçadas, e eles também viraram máquinas, e sem sentimento de amor… eles desenvolveram novas tecnologias de reprodução.

No início do amadurecimento deste garoto os cientistas encarregados da reprodução, notaram que o cérebro dele desenvolveu-se diferentemente das outras gerações. Sua maturação foi interrompida. Para eles, ele era uma anomalia. Um defeito. Ficavam se perguntando:

“Que material genético foi usado parar criar essa progênie?”

E observando a humanidade, a compaixão das pessoas… não podia ficar parado, então roubei o garoto e o escondi há 200 anos no passado…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s